O prefeito Herzem Gusmão entrega a chave da cidade para a Bebê Prefeita. A pequena Ester foi a primeira a nascer no município, durante a Semana do Bebê.

Escolas, unidades de saúde, Hospital Esaú Matos e serviços da rede de assistência social receberam, entre os dias 2 e 7 de dezembro, atividades voltadas à primeira infância, durante a quarta edição da Semana do Bebê. Na abertura, ao entregar a chave da cidade ao “Bebê Prefeito”, a primeira criança nascida na maternidade do Esaú durante a programação, o prefeito Herzem Gusmão destacou a importância das atividades: “estamos felizes com esse evento em que a gente sente que há uma interação e uma conscientização das famílias”.

A programação da Semana do Bebê aconteceu em 22 locais diferentes, inclusive na zona rural, e foi encerrada no Centro de Saúde Régis Pacheco. O evento integrou o conjunto de estratégias do Selo UNICEF – Edição 2017/2020, com apoio da Rede Cegonha e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica).

“A cada ano, a Semana do Bebê está mais fortalecida no município. Neste ano, o prefeito assinou o decreto oficializando o evento como parte do calendário oficial da Prefeitura”, destacou a coordenadora da Rede de Atenção e Defesa à Criança e ao Adolescente, Camila Fisher, que foi articuladora da programação de 2019. “A gente viu diversas ações sendo realizadas, de diversas políticas públicas e de forma integrada. As ações foram realizadas de forma muito comprometida pelos servidores, técnicos e profissionais. De forma lúdica, foi uma programação atrativa para as famílias e para as crianças”, avaliou.

As secretarias de Educação, Saúde e de Desenvolvimento Social participaram da Semana, ofertando diferentes tipos de atividades na programação, como palestras, rodas de conversa, oficinas, exibição de filmes, brincadeiras e apresentações culturais. Através desses momentos, os pais tiveram acesso a informações sobre serviços da rede municipal e sobre cuidados para a gestação e os primeiros anos da criança.

Oficina no Cras Bruno Bacelar

“A gente intensificou as atividades de acompanhamento da criança dando mais ênfase a todas as ações relacionadas ao desenvolvimento e crescimento do bebê. A Atenção Básica é a porta preferencial para o cuidado na primeira infância e as equipes estão preparadas e desenvolvem um acolhimento diferenciado para ofertar melhor qualidade na assistência à saúde para nossa população”, afirmou o secretário de Saúde, Alexsandro Nascimento, sobre a participação das unidades básicas.

Para o diretor-geral da Fundação de Saúde, Diogo Feitosa, a Semana do Bebê cumpriu, mais uma vez, seu papel estratégico. “A gente discute mortalidade infantil, aleitamento materno, gravidez na adolescência, formação de vínculo familiar e social com o bebê, como forma de assegurar a atenção adequada da criança até os seis anos de idade”, explicou.

Atividade do Creas Rural em São Sebastião em parceria com a USF da localidade

O secretário de Educação, Esmeraldino Correia, que prestigiou a atividade no Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Regina Ramos Cairo, elogiou a programação. “Esta é uma ação muito importante, que valoriza, em todos os seus aspectos, a Primeira Infância, que é o público dessas instituições”, enfatizou.

 

Mães e bebês na atividade de encerramento, no Centro de Saúde Régis Pacheco