A Coordenação de Vigilância Epidemiológica, em parceria com o Centro Municipal de Pneumologia e Dermatologia Sanitária (CMPDS), tem realizado uma série de reuniões de sensibilização nos serviços sociais e de saúde, com o objetivo de ampliar o alerta e divulgação do serviço de referência existente no município para atender os pacientes suspeitos de tuberculose e hanseníase, e reforçar sobre os sinais e sintomas das doenças.

“A tuberculose e a hanseníase continuam sendo um desafio à saúde pública mundial. A pandemia de Covid-19 culminou na reorganização de ações, serviços e sistemas de saúde em todo o mundo, o que, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), reverteu anos de progresso no controle desses agravos”, explicou a coordenadora da Viep, Amanda Maria Lima.

Ainda de acordo com Amanda, as ações são voltadas para os trabalhadores de saúde e gestores das unidades de saúde da Atenção Básica, unidades hospitalares, unidades prisionais, serviços sociais (CRAS e CREAS), Agente de Combate as Endemias (ACE), Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI), e outros.

Desde 2020, a Vigilância Epidemiológica (Viep) tem registrado, em Vitória da Conquista, uma queda no número de notificações e encaminhamentos de casos suspeitos de tuberculose e hanseníase para tratamento no Centro Municipal de Pneumologia e Dermatologia Sanitária (CMPDS). A avaliação e monitoramento vêm sendo realizados pelo órgão e essas reuniões com os trabalhadores da saúde tem o objetivo de diminuir as possíveis subnotificações dessas doenças no município.

Centro Municipal de Pneumologia e Dermatologia Sanitária (CMPDS) – é um ambulatório especializado no diagnóstico, tratamento e acompanhamento de três doenças: tuberculose, hanseníase e leishmaniose tegumentar.

O diagnóstico precoce, tratamento e prevenção são ações prioritárias para interromper a cadeia de transmissão dessas doenças, reduzindo incapacidades e deformidades, destruindo o medo e o preconceito que causam discriminação e danos psíquicos, morais e sociais aos doentes, seus familiares e à sociedade.

O serviço dispõe de uma equipe multiprofissional qualificada, composta por médico dermatologista e pneumologista, enfermeiras, fisioterapeuta, farmacêutica, assistente social e auxiliares de enfermagem. O CMPDS está localizado na Praça Joao Gonçalves, SN, Centro, e funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 12h, de portas abertas à população.

O telefone de contato é o (77)3429-7263.