A valorização dos profissionais e estudantes da rede municipal de ensino esteve presente na programação do 1º Congresso Municipal de Educação, no Festeccon. Ontem (10) à tarde, a Prefeitura prestou uma homenagem às 66 escolas municipais que atingiram a meta do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) e também a estudantes autores de desenhos finalistas do projeto Lápis na Mão.

As escolas que alcançaram a nota do Ideb receberam uma placa de homenagem. As dez com maiores notas ganharam lousas digitais

“Para construir uma educação de qualidade, não basta vontade política, é preciso também andar lado a lado com profissionais empenhados e estudantes dedicados. Hoje é uma imensa alegria estar aqui reconhecendo publicamente o trabalho exitoso da rede municipal de ensino, seja das escolas que alcançaram a meta do Ideb, seja daquelas em que os estudantes tiveram destaque no projeto Lápis na Mão. Parabenizo mais uma vez todos os alunos e professores e reafirmo o nosso compromisso com a educação municipal”, enfatizou a prefeita Sheila Lemos.

O secretário municipal de Educação, Edgard Larry, destacou que a valorização da educação e dos seus profissionais faz parte de uma política constante da prefeita Sheila Lemos. “Quando ela propõe o Governo Para Pessoas, é justamente com esse sentido de estar valorizando todos e, neste particular, a área da educação municipal. Então mais uma vez estamos valorizando e reconhecendo um trabalho de qualidade, de comprometimento e responsabilidade e muita competência de nossos profissionais da educação”, afirmou o secretário.

Destaque no Ideb

Para Maria das Graças Santos, diretora do Centro Educacional Eurípedes Peri Rosa, no distrito de Bate Pé, é um privilégio ter o seu trabalho valorizado e reconhecido durante o Congresso. “Foi um trabalho feito a mil mãos, estivemos todos envolvidos: direção, coordenação, professores, a equipe como um todo da escola. E nós colhemos o fruto de batermos a meta e estarmos com o 5º ano com 6,3, e o 9º ano com 5,3. Graças a Deus, batemos a meta, com esperanças de melhorar para 2023. A gente agradece à Secretaria de Educação pela honrosa homenagem, e mais uma vez a valorização das escolas que alcançaram o Ideb”, afirmou.

Diretora da Escola Municipal Lycia Pedral, Hania Silva Carvalho lembrou que essa homenagem tem um significado ainda mais especial, devido aos desafios do ensino remoto. “Foi difícil, mas nós hoje sabemos como foi importante o empenho nosso. Porque foi um trabalho durante a pandemia, os meninos dentro de casa, e a gente trabalhando de forma online. Isso pra gente é uma coisa tão importante, porque o trabalho da gente tá sendo reconhecido, um trabalho que foi feito ali, dentro da casa da gente. Quando a gente voltou pra escola, pra fazer as provas, nós tivemos 100% de presença. Isso tudo foi um trabalho nosso, e o reconhecimento é muito bom”, contou.

Lápis na Mão

Estudantes da rede municipal finalistas do projeto “Lápis na Mão”, na categoria desenho, também foram homenageados e receberam um catálogo com as imagens produzidas por eles. Os desenhos também estão em exposição no Festeccon no foyeur do planetário, na exposição “Ser (tão) assim: saberes e vivências da Região Sudoeste”.

Finalistas da Escola Municipal Alaor Coutinho

Estudante da modalidade EJA da Escola Municipal Alaor Coutinho, Lara Lemos Caires foi pega de surpresa com a notícia da homenagem. “Foi tão rápido, eu não esperava nada. Quando recebi a notícia que vinha pra cá, eu tava assistindo filme com a minha mãe. E não esperava que eu ia ganhar nada, só fiz porque eu queria mesmo, botei todo o meu esforço no desenho. O tema foi sertão, e eu fiz o sol, fiz como eu acho que o sertão é, e eu fiz o que eu pensava e o que passava por minha cabeça, me dediquei. Me sinto emocionada, feliz”, disse.

O projeto Lápis na Mão é uma iniciativa da TV Sudoeste. O gerente executivo, Cauto Freitas, e a diretora de marketing, Luciana Campodonio, também participaram das homenagens.