A prefeita Sheila Lemos recebeu, nesta quarta-feira (29), em seu gabinete os juízes da 39ª, 40ª e 41ª zonas eleitorais do município, Elke Carneiro, Clarindo Brito e Wander Lopes, respectivamente, para tratar de assuntos relacionados ao processo eleitoral deste ano. O chefe do Gabinete Civil, Lucas Dias, o procurador-geral e o subprocurador do Município, Rafael Vilas Boas e Matheus Souza e as chefes de cartório, Juliana Pereira e Sônia Rangel também participaram da reunião.

Os representantes da Justiça Eleitoral requisitaram da prefeita, o apoio do Município na logística necessária para a eleição, como sempre acontece, no que diz respeito, por exemplo, a disponibilidade pessoal, infraestrutura de estradas rurais e prédios públicos municipais que receberão as seções eleitorais e, desta vez, o apoio da Guarda Municipal.

Sheila Lemos afirmou que as solicitações serão avaliadas e ressaltou que a Prefeitura manterá a parceria de acordo com as possibilidade. “Sempre buscamos atuar em conjunto e harmonia com os demais poderes, atendendo, na medida do possível, as solicitações que nos são feitas. Analisaremos os pleitos que foram apresentados para que o atendimento da Justiça Eleitoral durante o processo eleitoral aconteça da melhor forma possível”, afirmou a gestora.

Em nomes do demais, o juiz eleitoral Clarindo Brito agradeceu a receptividade da prefeita. “Viemos aqui buscar o apoio e a colaboração do poder público municipal e, felizmente, a prefeita nos atendeu muito bem e se prontificou a nos ajudar naquilo que for possível. Sem o apoio do Município, do Estado e da União, ficaria inviável a gente fazer acontecer a eleição”, enfatizou.

As eleições gerais no Brasil ocorrerão este ano no dia 2 de outubro, em primeiro turno, e 30 de outubro, em segundo turno, onde houver necessidade. Serão eleitos presidente, vice-presidente, governador, vice-governador, senador e deputados estaduais e federais. Em Vitória da Conquista, são mais de 250 mil eleitores e 141 locais de votação, dos quais 76 estão na área rural e 65 na urbana.