Testemunha privilegiada da caminhada política do ex-prefeito Herzem Gusmão, desde 2008, o jornalista e bacharel em Direito, Diêgo Gomes, atual presidente da Emurc, é o autor do livro “Herzem Gusmão, a voz de Conquista”, em que narra parte da biografia do radialista que contou os fatos da história política de Vitória da Conquista por meio século e acabou se transformando, ele mesmo, em parte destacada dessa história.

O livro foi lançado, ontem (28), na Livraria Nobel do Shopping Conquista Sul, com a presença de familiares do ex-prefeito Herzem Gusmão e amigos dele e do autor. A obra reúne breves relatos da trajetória do radialista e ex-prefeito da cidade, com destaque para os momentos vivenciados por Diego, que foi seu assessor, participou das equipes de marketing das campanhas a prefeito desde 2008 e tornou-se secretário municipal, nomeado pelo ex-prefeito.

Em 15 capítulos, Diego narra histórias que vão desde o nascimento de Herzem, na Rua do Gancho, até a sua morte, em 18 de março de 2021, enfatizando o legado deixado na história de Vitória da Conquista. Todo o conteúdo que serviu de base para o livro foi extraído de entrevistas com mais de 20 pessoas que fizeram parte da vida de Herzem e devem dar origem ainda a outras duas obras futuras, segundo o presidente da Emurc.

“Os breves relatos são olhares de pessoas que conviveram com Herzem. Alguns deles com embate, sem contar os personagens políticos, amigos, assessores e a própria bagagem que tenho na memória do tempo em que trabalhei ao lado dele. Por isso, o lançamento desse livro hoje representa muito para mim”, assegurou.

Danilo Gusmão considerou o livro uma bela homenagem ao seu pai

Danilo Gusmão, um dos filhos de Herzem, falou no lançamento em nome da família e disse que ainda não conseguiu ler todo o livro, dada a emoção que sente com as lembranças de seu pai. Mas, afirmou, que ter a memória das realizações de Herzem, tanto no campo político quanto no pessoal, eternizadas na obra é motivo de alegria não só para ele, mas para toda a família. “Acho importante ter todos esses relatos registrados, principalmente, por uma pessoa como Diêgo que caminha com a gente desde 2008. Isso foi, para nós, como família, uma grande honra, uma belíssima homenagem”, enfatizou Danilo.

Familiares de Herzem, com D. Zilda, sentada, e Danilo, de óculos

A prefeita Sheila Lemos não pôde comparecer porque estava viajando a Salvador, onde se encontrou, hoje, como presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, mas ela já recebeu o livro escrito por Diego e ressaltou a importância da obra como homenagem ao ex-prefeito, com quem se elegeu vice-prefeita em 2020, e como contribuição para o entendimento da política conquistense.

“Por tudo o que fez por Vitória da Conquista, terra pela qual ele era apaixonado, a história de Herzem precisa de vários livros e Diêgo deu essa contribuição inicial, trazendo, de forma emocionante, o testemunho do que viu e conheceu do Herzem político e gestor, com detalhes muito interessantes das campanhas vitoriosas e do seu jeito de olhar para Conquista. É uma leitura que eu recomendo, porque ajuda a entender a política conquistense e, principalmente para quem ama nossa cidade e esteve com Herzem em suas lutas, para relembrar o grande homem que ele foi”.

Legado

Uma das pessoas entrevistadas para o livro foi o atual secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Marcos Ferreira. É a Herzem que Marcos atribui a concretização do seu desejo de voltar a Vitória da Conquista. “Vou ficar devendo isso a ele, de ter propiciado o meu retorno à cidade do meu coração. Para mim, essa é uma noite especial, em que o grande legado deixado por ele, fica escrito e registrado”, enfatizou o secretário.

A ex-vice-prefeita, Irma Lemos, que caminhou ao lado de Herzem em seu primeiro mandato à frente da Prefeitura, também prestigiou o evento e falou dos laços de amizade criados com o político. “Bateu uma saudade ao entrar aqui hoje pela amizade familiar que construímos ao longo dos quatro anos do nosso mandato. Vou ler e manter esse livro, com muito carinho”, afirmou.

Luís Carlos Dudé, presidente da Câmara de Vereadores, comenta que a história contada por Diego realça a importância de Herzem para Vitória da Conquista e o faz se lembrar das inúmeras vezes que o ex-radialista o estimulou na carreira do rádio e como prefeito lhe deu apoio e incentivo para que chegasse à presidência da Câmara. “E eu sei, que como fez comigo, Herzem serviu de inspiração e apoiou muita gente. Com seu jeito e visão de gestão, reescreveu a história da política de nossa cidade”, afirmou Dudé.

Amigas de Herzem e colegas dele no rádio, Juscinéia Oliveira e Mônica Cajaíba, dizem que o livro escrito por Diego Gomes, é uma oportunidade de ter as memórias de seu amigo sempre vivas. “E vermos essas memória é emocionante. Estamos aqui para ler e passar para as pessoas quem ele foi”, afirmou Juscinéia. “É um momento ímpar, especial”, concluiu Mônica.