Para evitar o deslocamento de idosos acamados ou domiciliados (que anda com auxílio) e dos que residem na zona rural, as equipes de imunização da Secretaria Municipal de Saúde já fizeram, em todo o município, a vacinação de 7.522 idosos nestas condições.

A demanda para vacinação dos idosos em domicílio e na zona rural é grande. Ao todo, a Atenção Básica contabiliza 12.182 cadastros feitos para vacinação, captados tanto pelos números de atendimento que foram disponibilizados anteriormente, quanto pelas unidades de saúde.

Só na zona urbana, para vacinação em domicílio, foram 2.917 idosos acamados cadastrados a partir de 60 anos, sendo que 1.204 deles já receberam a primeira dose e 718 foram vacinados com 1ª e 2ª dose. Já na zona rural, a Atenção Básica fez 9.265 cadastros de todos os idosos a partir de 60 anos. Desses, 4.557 receberam a primeira dose e 1.043 completaram o esquema vacinal com 1ª e 2ª dose.

Neste momento, só está ocorrendo no município a vacinação de 2ª dose. Isso porque a Secretaria de Saúde está aguardando o recebimento de uma nova remessa para retomar a vacinação de 1ª dose tanto para as modalidades de vacinação nos pontos da zona urbana, quanto a vacinação em domicílio e na zona rural.

A Secretaria Municipal de Saúde tem recebido reposições de vacinas semanalmente, pelo Governo do Estado, com um quantitativo ainda muito limitado para conseguir atender os grupos da campanha. A cada nova remessa, a distribuição é feita para atender todos esses públicos, conforme as orientações da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab).