Durante a oficina, a equipe tirou dúvidas quanto ao atendimento às pessoas trans

Durante todo mês de maio, a Prefeitura de Vitória da Conquista, por meio da Coordenação de Políticas de Promoção da Cidadania e Direitos de LGBT, da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes), está realizando a programação do Maio da Diversidade, que este ano traz como tema: HIV/AIDS – Ame+, Cuide+, Viva+.

Dentro desta programação estão ocorrendo, em unidades das secretarias de Saúde e Desenvolvimento Social, oficinas sobre abordagem às pessoas trans. Na última sexta-feira (21), a oficina ocorreu no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Miro Cairo.

Para a gerente do Cras Miro Cairo, Marli Cruz, a oficina foi uma oportunidade para tirar dúvidas quanto às terminologias e encaminhamentos para a Rede de Proteção. “Aqui no Cras, nós atendemos a este público, por isso este momento com a Coordenação LGBT é fundamental para que possamos acolher da melhor forma este público”, declarou Marli.

Segundo José Mário Barbosa, coordenador de Políticas de Promoção da Cidadania e Direitos de LGBT, a Política Nacional de Assistência Social possui um papel fundamental para garantir os direitos da população LGBT, garantindo a perspectiva da equidade e da diversidade de desenvolvimento. “Por isso estamos priorizando neste mês a realização destas oficinas, para qualificar o atendimento às pessoas trans, garantido a elas o direito à proteção social”, explicou José Mário.

Veja também:

/maio-da-diversidade-17-de-maio-e-o-dia-internacional-contra-a-homofobia/

/profissionais-do-caps-ad-iii-recebem-oficina-de-qualificacao-para-o-atendimento-as-pessoas-trans/