Na manhã deste sábado (14), o Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Pablo Alves Pithon Brito e a Coordenação de Alimentação Escolar da Secretaria Municipal de Educação (Smed) promoveram uma oficina de reaproveitamento de almentos, fortalecendo os vínculos com a comunidade. O secretário Edgard Larry acompanhou o evento.

O coordenador da Alimentação Escolar, Rodrigo Gigante, explica que a ação faz parte do projeto Educação Alimentar Nutricional (Educan), que está sendo implantado em todas as escolas do município. “O objetivo é difundir o conhecimento de reaproveitamento de alimentos, de alimentação saudável e uma alimentação nutricional equilibrada, mostrando que a alimentação escolar não é só entrega de alimentos, mas sim uma conscientização de alimentação dos pais e dos alunos”.

Para a diretora da unidade escolar, Elisângela Cardoso, a iniciativa acrescenta mais conhecimento ao trabalho que a unidade já desenvolve com as crianças, sobretudo na alimentação escolar. “É uma forma de aliar a teoria a uma prática bem significativa na vida das nossas crianças”.

Para Ludmile Santos Faustino, mãe da aluna Alice, de dois anos, a proposta foi uma novidade. “Eu não sabia como e se poderia reaproveitar os alimentos”. Já Elizabete de Jesus Santos, mãe de Érica, de três anos, disse ser a primeira vez que estava vendo as receitas apresentadas  e que pretende fazer em casa. E Ana Caroline, mãe da Maria Valentina, destacou que o evento estava muito bom. “Aprendendo muita coisa que melhora a alimentação de toda a casa”.

Na terça-feira (17), a atividade será realizada no Cmei Prascóvia Menezes Lapa, localizado no distrito do Iguá, mostrando que o Educan pretende atingir todas as unidades das zonas rural e urbana. Nesse primeiro semestre estarão sendo atendidas os Cmeis e creches. No segundo semestre, serão atendidas as escolas de ensino fundamental I e II, quilombolas, zona rural e Educação de Jovens e Adultos (EJA), além das creches não atendidas no primeiro semestre.