Após o encerramento do evento, nessa quarta, 6, educadores palestrantes do seminário foram recebidos pelo prefeito Guilherme Menezes

Vitória da Conquista recebeu professores, educadores e gestores da educação pública de todo o território baiano, que participaram do IV Seminário Estadual de Educação Integral realizado no Centro de Convenções Divaldo Franco. O evento atraiu representantes de mais de 300 municípios e contou com a participação de pesquisadores que são referências nacionais no tema.

Nessa quarta, 6, o evento foi encerrado após três dias de programação. A troca de experiências entre municípios foi avaliada como positiva pelos organizadores e palestrantes, que se reuniram com o prefeito Guilherme Menezes para agradecer a oportunidade dada por Conquista ao sediar o encontro. “Desde o meu primeiro mandato eu fui alertado, por meio do Orçamento Participativo, e pela população da zona rural, que a educação deveria ser tratada com prioridade no município”, disse o prefeito, que reconhece a importância de se discutir e construir coletivamente a consolidação do sistema de educação integral no Brasil.

Para a secretária municipal de Educação de Caetité e integrante do Comitê Territorial Baiano de Educação Integral, Rosemária Juazeiro, “o município de Vitória da Conquista está de parabéns por ter proporcionado esse passo tão importante para a educação integral na Bahia, vislumbrando e socializando o quanto essa proposta está trazendo excelentes frutos para a educação brasileira”.

A professora Cláudia Cristina Pinto, também integrante do Comitê, destacou a importância do Seminário. “Esse é o primeiro seminário desse porte que acontece neste ano e temos que comemorar por ter conseguido reunir mais de 300 municípios. Parabenizo demais o nosso Comitê e o município de Vitória da Conquista”, disse. “As grandes cidades têm mais dificuldades para implantação da educação integral. É preciso vontade política e eu acredito no potencial de Vitória da Conquista pelo que ela já tem feito”, destacou a professora.

Também participaram da reunião, o professor da Fundação Anísio Teixeira, João Augusto de Lima; a professora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Jaqueline Moll; e o professor Durval Machado, membro do Comitê Territorial Baiano de Educação Integral.