Em Vitória da Conquista, as políticas públicas para a juventude são levadas a sério. Por isso, uma das principais temáticas do segundo dia do festival da juventude foi discutida na roda de conversa: o Estatuto da Juventude. Dezenas de jovens compareceram ao auditório do Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima, na manhã desse sábado, 11, para debater e dar opiniões sobre o tema.

Na oportunidade, a secretária nacional da Juventude que estava compondo a mesa de debates, Severine Macedo,

Severine Macedo

falou sobre o estatuto que foi aprovado recentemente pelo Senado Federal e aguarda a aprovação da câmara e a sanção presidencial.”O estatuto da juventude é uma grande bandeira da juventude brasileira, que vem sendo discutido há quase dez anos, é uma das prioridades da Secretaria Nacional da Juventude. Nós avançamos muito no Brasil, na conquista das políticas públicas para jovens nos últimos anos, mas dependia muito das decisões políticas e da sensibilidade dos gestores, o estatuto veio para mudar isso. A política da juventude passará a ser uma política permanente”, afirmou.

Ângela Guimarães

Na ocasião, a presidenta do Conselho Nacional da Juventude, Ângela Guimarães, falou da diversidade do festival. “Eu considero que esse festival é um marco para o debate e para garantia dos direitos da juventude na cidade. A gente precisa multiplicar essa experiência, porque certamente, nenhum jovem que chega aqui vai sair do mesmo jeito, dada a quantidade de experiências que nesses três dias a juventude vivenciará. Desde atividades artísticas e culturais, que têm o seu imenso valor, até debate sobre temas de políticas da juventude, desenvolvimento da cidade e outros grandes assuntos para a sociedade. É uma grande experiência fazer uma imersão na experiência juvenil. E também uma pactuação sobre a importância das políticas e como essa juventude pode se engajar na implementação de um conjunto de ações e programas voltados para si próprios”, afirmou.

Tássia Rabelo Pinho

A coordenadora geral do Conselho de Direitos Humanos da Secretaria de Direitos Humanos da presidência da república, Tássia Rabelo Pinho, disse estar encantada com o evento. “Eu estou encantada! Eu venho do movimento da juventude e a gente sempre tem procurado uma forma de conseguir dialogar com o jovem. Uma vez que o diálogo mais formal não é muito exitoso. Mas quando você tem uma roda de poesia, uma oficina de performance drag e quando você tem essa diversidade e também os espaços formais, você consegue falar com todas as tribos, isso eu pude observar na praça ontem à noite”, relatou.

A atual president do Conselho Estadual de Juventude (Cejuve), Michele Vieira, parabenizou a organização do evento.“O município e a coordenação de juventude estão de parabéns por realizar um evento da magnitude que é esse festival. Com temas de formação e alguns polêmicos também. Eu acho que é um festival que a gente tem inclusive que tirar como exemplo, para realizar no âmbito estadual e também nos outros município. Eu estive no primeiro festival e fiquei muito feliz com a quantidade de pessoas e a qualidade do evento”.

Etna Kariane

O debate também agradou aos participantes. Para a estudante Etna Kariane, a roda de conversa “foi um momento bastante importante, pois debateu com os jovens políticas voltadas para a própria juventude. Eu acho que o festival ganha muito e é importante para a juventude da cidade, porque leva mais conhecimento e busca elaborar mais políticas públicas para a sociedade”.

Estação Juventude –Vitória da Conquista mais uma vez saiu na frente e foi um dos 23 municípios brasileiros a ser contemplado com o Programa do Governo Federal “Estação Juventude”. A iniciativa visa promover a inclusão e emancipação dos jovens, oferecendo informações sobre ações desenvolvidas para eles e disponibilizando orientação e encaminhamento para programas sociais e serviços que garantam os direitos desse público. O Estação Juventude vai funcionar na Secretaria Municipal de Trabalho, Renda e Desenvolvimento Econômico (Semtre). O local já está sendo preparado para receber os jovens. Além disso, a Prefeitura está na etapa final de construção da Praça da Juventude, situada no entorno do Poço Escuro. Assim que finalizadas as obras, o espaço contará com academia, auditório com capacidade média para cem pessoas, laboratório para mostras da fauna e flora e anfiteatro.