Nessa terça-feira (26), o secretário municipal de Educação, Esmeraldino Correia, e a coordenadora-geral do Núcleo Pedagógico da Secretaria Municipal de Educação (Smed), Tânia Novais, assistiram à apresentação do Plano de Formação Continuada Territorial e agenda formativa para 2021, realizada pela Secretaria de Educação do Estado da Bahia. A ação tem como objetivo mobilizar os municípios e educadores para adesão e participação na formação continuada.

Também participaram representantes dos municípios que compõem os territórios de Identidade do Semiárido Nordeste II, Sudoeste Baiano, Irecê, Velho Chico e Itaparica.

O Plano de Formação Continuada Territorial tem como foco os gestores escolares e coordenadores pedagógicos que atuam do 6º ao 9º ano (Ensino Fundamental II) e no Ensino Médio e aborda tanto a teorização da prática quanto pautas relacionadas ao currículo e às avaliações.

Desde que aderiu ao programa Educar pra Valer – referencial para o Educar é Conquista –, a Smed tem promovido e intensificado as formações para os professores do Fundamental II. Inclusive, para este ano letivo, como adianta a coordenadora Tânia Novais, as formações para os professores do Ensino Fundamental II da Rede serão realizadas nos mesmos moldes da metodologia adotada no município, que tem o programa Educar pra Valer como parceiro.

O secretário municipal de Educação, Esmeraldino Correia, destacou que essa adesão de Conquista ao Programa Educar pra Valer foi fundamental para o quesito formação continuada tanto do Ensino Fundamental I quanto do II e o consequente êxito obtido no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) em 2019. “Todavia é de suma importância que o meio educacional baiano discuta a respeito da temática e que ao final a Educação Pública na Bahia seja vencedora, porque educar é conquista”, enfatizou o secretário.