Mais providências estão sendo tomadas para coordenar o manejo e o protocolo de contingência implementado para atender os casos suspeitos de infecção pelo Covid-19 em Vitória da Conquista. Por isso, na tarde da última terça-feira (11), o Comitê Municipal de Urgência e Emergência convocou toda rede hospitalar e de atenção à saúde do município para discutir sobre os fluxos de atendimentos para o Covid-19.

A reunião teve o objetivo de tentar elaborar um plano de ação municipal e regional no sentido de coordenar o atendimento dos casos mais graves de Covid-19 que possam vir a surgir no município nesse momento de alerta.

No Plano Estadual de Contingências para Enfrentamento do Novo Coronavírus – COVID-19, divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), foi determinado que o hospital de referência para os casos de Covid no município seria o Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC). “O Hospital de Base atende todos os casos de traumas mais sérios e é uma instituição altamente sobrecarregada que, em caso de uma epidemia, não daria conta de atender todas essas demandas. Então, em função disso, nessa reunião também difundimos a ideia de que cada hospital vai poder ser uma referência para orientar os pacientes com quadros leves. O HGVC vai ficar como referência para os casos mais graves”, explica José Dioclécio Ferraz, coordenador médico do SAMU 192.

Nesse sentido, o paciente vai poder ser orientado em qualquer unidade da rede hospitalar ou atenção básica e, de imediato, essa unidade vai fazer contato com a Vigilância Epidemiológica que vai acionar a equipe, que está a postos, para levantar a investigação do caso e orientar o isolamento domiciliar do paciente.

Na reunião, também foram apresentadas as estratégias de cada unidade hospitalar da rede pública e privada, bem como da Vigilância Epidemiológica do município. Além de esclarecer quais as rotinas que foram estabelecidas no SAMU 192, no sentido de orientar a população, principalmente na questão dos casos suspeitos que devem ficar em isolamento domiciliar.

Todo trabalho vem sendo feito como medidas preventivas, como pontua Ramona Cerqueira, sub-secretária de saúde: “O município de Vitória da Conquista está preparado para o manejo dos casos suspeitos de Coronavírus e essa reunião serve para consolidar o fluxo de atendimento dos casos que venham da rede de urgência e emergência do nosso município”.