A rotina de testagens dos pacientes notificados com suspeita de contaminação pela Covid-19 segue acontecendo todos os dias em Conquista. Até agora, somente na rede municipal de saúde, já foram realizados 53.420 testes de auxílio diagnóstico da Covid-19.Desse total, a Prefeitura adquiriu, com recursos próprios, cerca de 42 mil testes. Outros 11.580 testes rápidos foram recebidos do Ministério da Saúde no ano passado.

O agendamento para o teste continua sendo feito pelo Call Center e unidades de saúde. Para realizar o teste de antígeno – feito de forma semelhante ao RT-PCR, que coleta as secreções do nariz e da garganta – o paciente deve apresentar sintomas gripais e estar entre o 3º e 7º dia do início dos sintomas. Além disso, também é feito o agendamento para testagem domiciliar, via Call Center, para os pacientes acamados. Já para agendar o teste rápido de anticorpos – feito com a coleta de uma pequena amostra de sangue do dedo – o paciente deve apresentar sintomas gripais e estar com mais de 10 dias do início dos sintomas.

Para os testes de antígenos e anticorpos realizados nos pontos estratégicos de testagem (Centro Cultural Glauber Rocha e Estádio Edvaldo Flores), o paciente recebe login e senha para acessar o resultado de forma online, no prazo de até 48 horas.

 

De acordo com o farmacêutico e coordenador das testagens no município, Pablo Maciel, para todos os munícipes de Vitória da Conquista atendidos no Centro de Atenção Municipal Covid-19, mediante regulação, que passarem por avaliação da equipe com indicação da necessidade de testagem, o procedimento é realizado no mesmo local, e o resultado disponibilizado em menos de 24 horas. “Estamos recebendo coleta dos pacientes de Conquista internados na UPA e no Hospital Esaú Matos. Isso ajuda muito a equipe clínica na tomada de decisões, com o diagnóstico precoce”, pontua o coordenador.

Sobre os testes – Até o momento, já foram executados 12.100 testes de pesquisa de antígeno, 36.720 testes rápidos e mais de 4.600 exames de RT-PCR – feitos pelo Lacen Municipal, que, neste momento, está com o processamento de amostras suspenso, por conta do reagente enviado pelo Ministério da Saúde não ser compatível.

A Prefeitura reforça que as medidas de prevenção, higiene e distanciamento social devem ser seguidas à risca para diminuir as chances de contaminação. Em caso de sintomas, entrar em contato imediatamente com o Call Center ou procurar a unidade de saúde mais próxima de casa.