Contrato firmado entre o Estado e o IBR Hospital amplia atendimento pelo SUS na região Sudoeste

Na tarde da última sexta-feira, 22, o atendimento do Sistema Único de Saúde em Vitória da Conquista e região ganhou um importante reforço. Na oportunidade, foi firmado um contrato entre o Estado e o IBRHospital quegarantirá a realização de serviços de alta complexidade no município, beneficiando toda a região que tem Conquista como pólo na área da saúde.

O secretário estadual de Saúde, Washington Couto, o prefeito Guilherme Menezes e o diretor-geral do IBR Hospital, Maurilúcio Brandão

Segundo o secretário estadual da saúde, Washington Couto, esse contrato complementa o sistema de saúde pública da região Sudoeste. “Esta é uma parceria que engrandece o SUS, que preserva os dois envolvidos, o público e o privado, e dá à população o retorno que ela precisa e com a rapidez que ela precisa”, disse o secretário sobre o contrato que prevê a realização de procedimentos como cirurgias cardíacas e neurológicas, implante de marcapasso e de Cardioversor Desfibrilador Implantável (CDI), cirurgias de coluna e de crânio, leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e específicos para acidente vascular cerebral, além de consultas especializadas.

Maurilúcio Brandão

De acordo com o médico e diretor-geral do IBR Hospital, Maurilúcio Brandão, a parceria firma Vitória da Conquista ainda mais como referência em saúde. “Pacientes do SUS que precisariam se deslocar de Conquista para fazer cirurgias cardíacas ou cirurgias neurológicas de grande porte poderão realizar, aqui, o procedimento, assim como os da macrorregião, que se deslocarão com maior facilidade”, destacou o médico. Maurilúcio ressaltou também a reestruturação da saúde pública em Vitória da Conquista que o Governo Municipal implementou a partir de 1997: “foi o que reestruturou a saúde do município e levou o setor privado a se modernizar e se atualizar”.

Guilherme Menezes

Para o prefeito Guilherme Menezes, esse foi um importante passo dado para a saúde pública. “Esta é uma parceria altamente construtiva para os usuários do SUS, que passarão a ser atendidos em um hospital muito bem estruturado e com 28 anos de história aqui em Vitória da Conquista. Com certeza, trará muitos benefícios para a nossa população”, avaliou o prefeito.

Opinião compartilhada com a secretária municipal de Saúde, Márcia Viviane de Araújo.“Com esse contrato, será dobrada a capacidade de oferta do serviço de alta complexidade em cardiologia e implantado o novo serviço de neurocirurgia na cidade”, destaca a secretária.A expectativa é que sejam realizadas, por mês, 20 cirurgias cardíacas, 40 angioplastias e cateterismos, 20 cirurgias vasculares, 20 atendimentos cardiológicos e 20 cirurgias neurológicas. Além disso, serão reservados quatro leitos da UTI e seis leitos para pacientes com Acidente Vascular Cerebral (AVC).