A Prefeitura de Vitória da Conquista, por meio das secretarias de Desenvolvimento Social (Semdes) e de Saúde (SMS) tem buscado ampliar a atenção dada à população com autismo do município. Além das ações que já vem sendo desenvolvidas no âmbito das duas secretarias, está prevista para este ano a capacitação de servidores do Sistema Único da Assistência Social (Suas) para atendimento adequado e personalizado aos usuários do serviço com Transtorno do Espetro Autista (TEA), a partir de articulação feita pela Semdes junto ao Ministério da Cidadania.

Já pela SMS está sendo implantado, até o final do ano, o Cemerf tipo 4, com o objetivo de proporcionar um atendimento melhor e mais específico à pessoa autista.

O anúncio das ações foi feito em reunião, ontem (15), no gabinete da prefeita Sheila Lemos, com a diretoria da Associação Conquistense para Atendimento Especializado a Pessoa Autista (Acaepa). A entidade reivindicou a ampliação do atendimento na área da Saúde, uma aproximação maior dos Centro de Referência e Assistência Social (Cras) e um terreno para construção da sede.

A prefeita orientou os secretários a aumentar a aproximação e informou que o pleito acerca do terreno será encaminhado à Procuradoria Geral do Município, para avaliação jurídica da viabilidade de atendimento.

A presidente da Acaepa, Vitória Aparecida Sales de Araújo, ressaltou a boa parceria com a Secretaria Municipal de Educação (Smed) e considerou a reunião com a prefeita muito produtiva. “Já estamos há mais de quatro anos na Acaepa, nesta luta, então é uma porta que se abre. Eu espero em Deus que seja o início de uma longa caminhada em prol do autismo de uma forma geral, que é uma população que está muito carente”, afirmou.

A vereadora Viviane Sampaio, que acompanhou a diretoria da Acaepa na reunião destacou a importância da participação poder público para o funcionamento da entidade, especialmente nas área de saúde, educação e assistência social, e solicitou apoio do governo municipal na obtenção de parcerias técnicas que possam ajudar o trabalho da desenvolvido pela associação. Para a vereadora, “ser acolhida pela Chefe do Executivo é importante”.

Também participaram da reunião, a secretária da Acaepa, Juliana Pereira Custódio (mãe de dois filhos que são assistidos pela instituição) e o procurador jurídico e contador da entidade, Osmar Abreu Santos.