A Vigilância Sanitária (Visa) da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) realizou mais um curso para manipuladores de alimentos, desta vez, voltado para os colaboradores da Pastoral do Menor, do Instituto Social Padre Benedito Soares, do Centro Municipal de Educação Infantil Padre Benedito Soares e Instituto Social Vivendo e Aprendendo. As equipes dos Cras e Creas da região também foram convidados a participar, por intermédio da Secretaria de Desenvolvimento Social (Semdes).

No curso, que foi iniciado na tarde de ontem (6) e continuou nesta terça-feira (7), na sede da Pastoral do Menor, foram abordados temas relacionados aos tipos de bactérias que causam as Doenças Transmitidas por Alimentos (DTA), a contaminação cruzada de alimentos, condicionamento dos insumos, higienização correta dos utensílios de cozinha, alimentos e do manipulador.

A diretora da Pastoral do Menor, Aurora Andrade, afirmou que a qualificação constante da equipe é uma preocupação da instituição. “Nós sentimos a necessidade dessa capacitação desde o ano passado, quando recebemos a visita da Vigilância Sanitária na nossa instituição, como os nossos colegas da higienização e cozinha. Então, convidamos outras entidades do entorno, a fim de aproveitar esse momento tão rico e todos terem essa capacitação”, complementou.

A Visa tem feito visitas técnicas e de fiscalização às instituições de ensino privadas, públicas e filantrópicas para orientar e notificar quanto o cumprimento das normas sanitárias. “Observamos que as áreas de alimentação precisavam de melhorias e buscamos conversar para informar. As boas práticas de manipulação de alimentos contribuem para a produção alimentar livre de microrganismos que causam doenças e, por isso, essa qualificação técnica dos manipuladores para garantir a qualidade higiênico-sanitária dos alimentos”, destacou o coordenador do Visa, Maico Mares.

Ao final do curso, com carga horária de oito horas, os participantes receberam um certificado.