Na noite da última quinta-feira (7), duas equipes de técnicos da Vigilância Sanitária (Visa) iniciaram um itinerário de vistoria em oito academias de ginástica de Vitória da Conquista. O objetivo da ação é fazer a fiscalização de rotina nos estabelecimentos, verificando se há o cumprimento das disposições vigentes na legislação sanitária estadual.

Nesse sentindo, durante a vistoria são exigidas algumas normas mínimas para o funcionamento, como “a questão da documentação constituída da empresa com CNPJ, a presença de um responsável técnico, a verificação do alvará sanitário e de funcionamento, para avaliar se a academia tem condições de funcionar, sem colocar em risco a saúde dos frequentadores”, explica o farmacêutico André Matos, técnico da Vigilância Sanitária.

Também foram vistoriadas as fichas de matrícula e avaliação física dos alunos, observando os aspectos gerais de saúde, as condições estruturais e de higienização dos espaços das academias, averiguando o cumprimento das normas sanitárias para funcionamento. Além disso, os responsáveis de quatro academias vistoriadas foram notificados e orientados a procurar a Vigilância Sanitária para regularizar a situação da empresa junto ao serviço do município.

Atualmente, existem cerca de 80 academias de ginástica na cidade, de acordo com o coordenador da Vigilância Sanitária, Maico Mares. “O nosso objetivo é de fiscalizar 50% das academias de Vitória da Conquista até o fim deste ano. As equipes técnicas continuarão realizando as vistoria nas academias que poderão estar sujeitas as sanções previstas por lei”, finaliza.