A partir desta quinta-feira (16), a vacina bivalente contra a Covid-19 será liberada, de forma antecipada, para todos os grupos prioritários definidos pelo Ministério da Saúde para vacinação, que incluem: pessoas com 60 anos ou mais, imunocomprometidos a partir de 12 anos, gestantes em qualquer idade gestacional, puérperas no período de 45 dias pós-parto, trabalhadores da saúde e pessoas com deficiência permanente.

O avanço da vacinação bivalente, que antes previa a liberação por etapas até o mês de abril, foi autorizada pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab). A vacina está disponível nesta quinta (16) e sexta-feira (17), em oito unidades de saúde do município, das 8h às 12h e das 14h às 17h. São elas:

UBS Cae II (bairro São Vicente)
USF Vila América
UBS Dr. Admário Santos (bairro Brasil)
USF Miro Cairo
USF Nelson Barros (bairro Kadija)
UBS Dr. Hugo de Castro (bairro Guarani)
USF Pedrinhas
USE Campinhos (Horário diferenciado: 8h às 12h e das 13h às 16h)

Poderão se vacinar as pessoas incluídas nesses grupos que tiverem concluído, pelo menos, o esquema primário de vacinação, composto pela 1ª e 2ª doses monovalente. O intervalo mínimo para vacinação é de quatro meses da última dose tomada, mesmo que tenha sido 3ª ou 4ª dose monovalente.

Documentos exigidos – Todos esses públicos devem apresentar o documento pessoal com CPF e cartão de vacina. Para alguns grupos, é exigida também a apresentação de algum tipo de documento comprobatório.

– Imunossuprimidos: relatório médico que comprove a condição de saúde
– Povos indígenas ou quilombolas: documento que comprove o pertencimento à comunidade.
– Puérperas: a certidão de nascimento do bebê, cartão da gestante ou documento que comprove o parto.
– Trabalhadores da saúde: documento que comprove a vinculação ativa do trabalhador com o serviço de saúde ou apresentação de declaração emitida pelo serviço de saúde de atuação.

O Ministério da Saúde reforça que a vacina Pfizer bivalente é segura, eficaz e aumenta a imunidade contra a cepa original da Covid-19 e as variantes Ômicron BA.1 ou BA.4/BA.5.