Prefeito Herzem Gusmão recebeu uma placa de homenagem em agradecimento à parceria do Governo Municipal com o TRE-BA

Vitória da Conquista é a segunda cidade do interior da Bahia a receber a sede administrativa do Tribunal Regional Eleitoral do Estado (TRE-BA). A Corte Eleitoral realizou uma série de atividades no município. Nesta quinta (15), uma sessão de julgamento, realizada na Câmara Municipal de Vereadores, marcou a programação. O prefeito Herzem Gusmão participou do evento, acompanhado pela comitiva do Governo Municipal.

Na sessão, foram julgados processos pertinentes a Vitória da Conquista e outras cidades da região. O objetivo da ação, segundo o presidente do TRE-BA, José Edivaldo Rotondano, foi aproximar a Justiça Eleitoral dos cidadãos baianos. “Foi uma forma de demonstrar ao cidadão como a Justiça Eleitoral exerce o poder de garantir a democracia no país. É uma forma de demonstrar ao cidadão como se julgam os processos, de como a corte se comporta e se posiciona sobre determinados assuntos”, explicou.

Durante o evento, o prefeito Herzem Gusmão recebeu uma placa de homenagem em agradecimento à parceria do Governo Municipal com o TRE-BA, para realização do recadastramento biométrico. Graças a parceria da Prefeitura, Conquista registrou 93% de cidadãos recadastrados. “Isso foi algo extraordinário. Contamos com a força dos nossos secretários, da Câmara de Vereadores e de um povo politizado, que veio naturalmente, em um território tão extenso, são 304 povoados e 11 distritos”, comemorou o prefeito.

Para o juiz municipal da Infância e da Juventude, Juvino Brito, a vinda do TRE-BA em um momento próximo à realização de eleições será ainda mais proveitosa para a população. “Tenho que Vitória da Conquista seja uma cidade importante no contexto baiano, brasileiro e até fora do nosso país. Portanto, nada mais justo do que o TRE realizar agora essa sessão, que significa reconhecer essa importância que a cidade tem para nós”, completou.