Técnicos da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder) e membros das secretarias de Serviços Públicos e da Transparência e do Controle da Prefeitura de Vitória da Conquista visitaram, na manhã desta sexta-feira, 11, as obras do Centro de Comércio Popular. No espaço, que abrigará os comerciantes das praças Arlindo Rodrigues e da Bandeira, estão sendo investidos R$ 5,5 milhões.

O equipamento possui mais de 2 mil m² de área construída e contará com mais de 300 boxes. O centro também contará com áreas de circulação e serviço de carga e descarga, sanitários, escadarias e rampas de acesso e urbanização da área externa, além de pavimentação asfáltica nas ruas laterais.

Nailton Prates e Airton Maia

Segundo o diretor de equipamentos da Conder, Airton Maia, a obra também tem um importante cunho social. “O espaço possibilita perspectiva de crescimento significativo para os permissionários. A Prefeituraestá mobilizada em trazer de volta os permissionários que aqui estavam e, para nós, é uma satisfação poder registrar que estamos mais uma vez cumprindo uma de nossas metas”, disse.

O secretário municipal da Transparência e do Controle, Nailton Prates, que na ocasião representou o prefeito Guilherme Menezes, destacou as ações da Administração Municipal para a viabilização do equipamento. “É com satisfação que a Prefeitura de Vitória da Conquista acompanha o avançado andamento das obras de construção do Centro de Comércio Popular. O projeto desse equipamento foi elaborado pela Administração Municipal com o objetivo de atender prontamente as solicitações dos comerciantes, bem como contribuir para a modernização do Centro Comercial da cidade”, ressaltou.

Este será um espaço moderno e muito bem elaborado, que permitirá melhores condições de trabalho para os permissionários e para que eles recepcionem as pessoas que fazem uso dessa variedade de comércio. Somado a isso, o Centro vai fomentar a formalização do trabalho desses permissionários.

Confira mais imagens da obra: