Na manhã de ontem (22), cinco médicos selecionados pelo Programa Mais Médicos, do Ministério da Saúde, se apresentaram à Secretaria Municipal de Saúde (SMS), para atuar na Atenção Básica. Os profissionais começam a atender nas unidades de saúde na segunda-feira (27), nas Unidades de Saúde da Família Jardim Valéria, Conveima, Pedrinhas, Cercadinho e Lagoa Formosa. Ainda está sendo aguardada a chegada de mais um médico, que tem até o dia 24 de dezembro para se apresentar e será alocado, possivelmente, na Unidade de Saúde da Família do Nestor Guimarães, no bairro Jurema.

As vagas dos profissionais serão homologadas até a próxima sexta-feira (24) e já começarão a atender na segunda-feira (27)

A diretora de Atenção Básica, Camila Ribas, acolheu os profissionais e afirmou que a chegada deles era muito esperada para suprir o atendimento da população dessas áreas. “Ficamos muito felizes, pois sabemos que essas unidades estavam há algum tempo sem médicos e tinha o anseio da população por esse retorno. Houve um atraso no edital do Ministério da Saúde e só foi possível realizar essa apresentação agora, mas a população será beneficiada com o atendimento desses profissionais que tem experiência em estratégia de saúde da família e que irão acrescentar muito ao nosso município”, destacou a diretora.

Três profissionais se apresentaram presencialmente e outros dois estiveram presentes por chamada de vídeo

Dra. Daniele Pedrosa, médica da família, foi uma das profissionais selecionadas no Programa Mais Médicos e veio de Fortaleza (CE), para atuar na Unidade de Saúde da Família do Conveima. “Eu espero poder atender essa comunidade da melhor forma possível e estabelecer essa relação médico-paciente de forma longitudinal. Já soube que é uma área que precisa muito de assistência e atenção, e pretendo contribuir”, afirmou a médica.

Os médicos trabalharão em tempo integral, em regime de 40 horas, atendendo aos usuários das áreas de abrangência. Com a chegada de todos os seis novos profissionais, todas as 42 unidades de saúde da zona urbana e rural contarão com atendimento médico.