Smed e gestores escolares avaliam indicadores passados para superá-los neste ano

A equipe pedagógica da Secretaria Municipal de Educação (Smed) esteve reunida, ontem e hoje (5) com coordenadores pedagógicos e diretores de escolas municipais no Centro de Aperfeiçoamento Profissional (CAP) da Uesb. O encontro foi para orientar os gestores sobre as provas do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) que serão aplicadas de 10 de novembro a 10 de dezembro.

As provas do Saeb compõem o Índice de Desenvolvimento da Educação da Bahia (Ideb) e serão respondidas por aproximadamente 6 mil alunos do 5º e 9º anos do Ensino Fundamental da Rede Municipal. No exame, serão avaliados os conhecimentos desses estudantes nas áreas de Língua Portuguesa e Matemática.

Em 2019, Vitória da Conquista superou as metas do Ministério da Educação (MEC) tanto para os anos iniciais quanto para os finais. A expectativa é que o resultado seja, mais uma vez, positivo, mesmo diante de um cenário de pandemia que impôs uma série de desafios à Educação em todo o país.

“Existe uma expectativa muito grande para a avaliação Saeb e percebemos que a Smed tem tido todo um trabalho de acompanhamento e de elaboração de estratégias para esse momento que é muito importante para a rede. A reunião consolida o trabalho feito até aqui, para nos deixar seguros para aquele momento e, consequentemente, transferirmos essa segurança para os nossos alunos”, comentou Ana Carla Ferraz, coordenadora pedagógica da Escola Municipal Profª Ridalva Correa de Melo Figueiredo, da qual pouco mais de 100 alunos devem ser submetidos ao exame.

Para o diretor da Escola Municipal Profª Marlene Flores, Miquéias Lima, as expectativas para o Saeb também são positivas. Na unidade, aproximadamente 170 estudantes serão avaliados e para que esses alunos se saiam bem, conta o diretor, a equipe tem investido em aulas especiais e de reforço, materiais extras e, para aqueles que têm dificuldade de acesso à internet em casa, o acesso à internet na escola. “Estamos tentando de todas as formas, neste momento único de avaliação do Saeb, com a pandemia ainda acontecendo, fazer com que nossos alunos tenham um bom desempenho”, assegurou.

Os dados e indicadores gerados pelo Ideb contribuem para direcionar a destinação de recursos e a implementação de políticas educacionais do município.