“Eu me emocionei hoje já várias vezes”, disse cacique.

Mais um grupo prioritário da 1ª fase da Campanha de Vacinação contra a Covid-19 foi vacinado nesta quinta-feira (28), no Complexo de Saúde (Cemae): os povos indígenas de Vitória da Conquista.

O Cacique Catitu, representante dos povos Mongoiós do Sudoeste, foi o primeiro vacinado na ação. “Eu me emocionei hoje já várias vezes. A gente vê que, por conta do Coronavírus, está morrendo parente, morrendo gente branca, morrendo a população; e é uma grande satisfação estar aqui hoje, em memória desses que não puderam, recebendo a vacina. Fomos muito bem recebidos, estamos sendo respeitados, e o nosso direito está sendo cumprido”, conta.

Vanessa Oliveira exibe satisfeita seu cartão de vacina

Ao todo, foram vacinados 25 indígenas dos povos Camacã Mongoiós do Sudoeste, da Aldeia Reserva Sol Nascente. Dentre eles, a indígena Vanessa Oliveira, que destacou a importância de serem um grupo prioritário da campanha: “Eu sinto uma gratidão enorme de ser uma das primeiras indígenas a serem vacinadas aqui no município. Isso preserva e protege o nosso povo, que já é de tão poucas pessoas.”

Quem esteve presente na ação foi a prefeita em exercício, Sheila Lemos, que comemorou o desempenho da campanha de vacinação: “É com muita satisfação que nosso município já está vacinando os nossos profissionais de saúde e todos os indígenas que estão incluídos no protocolo de vacinação. É essencial a imunização desses povos, por se tratar de um público vulnerável e que também carrega a nossa história.”

A secretária municipal de Saúde, Ramona Cerqueira, falou sobre o empenho para atender aos grupos prioritários: “Iniciamos com os indígenas, e o próximo passo é atender à população quilombola e outras instituições. Estamos aqui para poder fortalecer o comprometimento da Secretaria de Saúde nesta campanha, e sabemos que vacinar esse grupo prioritário é necessário, uma vez que existe uma cultura diferente, valores diferentes e, nesse sentido, que eles estão incluídos nessa fase para se vacinar precocemente.”

Ainda segundo a secretária, o quantitativo de doses de vacinas foi pequeno, mas assim que forem recebidas novas remessas será dado o seguimento à vacinação dos demais grupos prioritários das fases definidas para a campanha.