Muitas pessoas têm procurado as unidades de saúde para se vacinar contra a Influenza, mas, neste momento, a vacina não está disponível na rede pública de Saúde de Vitória da Conquista. A campanha de vacinação foi encerrada no mês de agosto e o Núcleo Regional de Saúde Sudoeste (NRS) solicitou a devolução das doses restantes, informando que seria feita uma logística reversa das doses para serem devolvidas à Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), em Salvador. Assim, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) recolheu as doses que sobraram nas unidades de saúde e entregou ao Núcleo Regional no mês de novembro.

Na semana passada, a coordenação de Imunização fez um pedido de novas doses da vacina contra Influenza à Sesab, devido a grande procura nas unidades de saúde, mas ainda não houve retorno positivo da Sesab.

“Durante a campanha, que também foi aberta para toda a população, nós vacinamos mais de 101 mil conquistenses e alcançando 88% da cobertura vacinal dos grupos prioritários. Queríamos vacinar mais ainda, mas enquanto ainda não temos previsão de recebimento de vacinas contra a Influenza, é preciso se resguardar dos riscos de contaminação por qualquer síndrome gripal”, pontuou a secretária municipal de saúde, Ramona Cerqueira.

Neste momento, é imprescindível manter o uso da máscara, as medidas preventivas e de higiene para diminuir os riscos de transmissão dos vírus respiratórios.