Nessa quinta-feira (13), uma equipe de agentes de controle de endemias visitou ao 7° Grupamento de Bombeiros Militar, localizado no antigo aeroporto, para ações de controle vetorial das arboviroses – dengue, zika e chikungunya.

Os agentes fizeram vistorias nas dependências internas e externas da instituição para averiguar a presença de possíveis focos de criadouros do mosquito Aedes aegypti.

A ação faz parte do plano contingencial realizado em todos os bairros e nas localidades da área rural do munícipio, visando minimizar os riscos de proliferação do mosquito e, consequentemente, diminuir o avanço dos casos das arboviroses em Vitória da Conquista.

De acordo o coordenador de endemias, Eliezer Almeida, essa medida se faz necessária especialmente em momentos como este de período chuvoso e temperaturas altas. “Esse é o cenário perfeito para reprodução do Aedes aegypti, até porque o Grupamento dos Bombeiros está localizado em uma extensa área com muita vegetação, o que facilita a dispersão de resíduos sólidos que podem vir a acumular água das chuvas”, ressaltou.

Ao final da inspeção, a equipe repassou aos bombeiros militares todas as orientações necessárias para evitar os criadouros do mosquito em toda a extensão do local.