Com o objetivo de evitar acidentes na cidade o Samu 192 faz um alerta quanto ao uso do cerol em linhas de pipa. Na quarta-feira (02), um ciclista, de 36 anos, sofreu um corte de 7 cm na região cervical enquanto trafegava na rua São Roque, bairro Brasil, e foi levado com urgência pela unidade de suporte avançado do Samu para o Hospital de Base, onde recebeu atendimento para uma sutura no pescoço. O caso ocorrido no bairro Brasil foi o primeiro registrado esse ano junto ao Serviço de Urgência.

A coordenadora municipal do Samu 192, Gileaide Santana, faz um alerta quanto ao uso da linha cortante. “O uso do cerol é crime. A cola e o vidro cortam e viram uma arma. O ciclista não enxerga a linha e o condutor pode ser degolado”, alertou.

Para Gileaide, a pipa deve ser manipulada em local aberto. “Ao soltar a pipa não utilize via pública. É falta de consciência e irresponsabilidade de quem usa. Se a pipa for manipulada em local adequado e sem o cerol nós não teremos vítimas”, completou a coordenadora.