Familiares dos estudantes estiveram presentes

Estudantes da Rede de Atenção e Defesa da Criança e do Adolescente que participaram das Oficinas de Inclusão digital foram certificados na tarde desta segunda-feira, 16, no auditório da sede da instituição. Cerca de 170 jovens tiveram a oportunidade de aprender sobre Alfabetização Digital, Informática Básica e Intermediária, Montagem e Manutenção de Computadores, Desenho Gráfico, Digitação, Criação de Blogs, além de instruções sobre os programas Excel e Power Point.

A Rede de Atenção e Defesa da Criança e do Adolescente é referência também em toda região Sudoeste, ao promover o fortalecimento das ações dos conselhos, entidades governamentais e não governamentais, além de colaborar para o desenvolvimento de projetos e políticas de captação de recursos e redes de informação.

O prefeito Guilherme Menezes salientou a importância da inclusão digital

O prefeito Guilherme Menezes participou da solenidade de certificação e aproveitou para destacar a importância das oficinas oferecidas pela rede. “O computador é hoje um instrumento indispensável ao desenvolvimento do ser humano porque abre muitas portas para conhecimento. Os cursos oferecidos aqui vão ajudar esses jovens a galgar passos muito mais altos, levando-os para as universidades. Conquista é a cidade da educação e nossa luta agora é para trazer a Universidade Federal do Sudoeste da Bahia. Tudo isso são janelas e portas que se abrem para quem quer crescer e aprender”, afirmou.

Miguel Felício, secretário de Desenvolvimento Social

A Rede de Atenção conta atualmente com quase 50 instituições que atuam com crianças e adolescentes do município de Vitória da Conquista. “A rede cresceu muito e é uma responsabilidade cada vez maior levar esse trabalho para a comunidade, ao mesmo tempo buscar uma articulação com outras instituições, com objetivo de fazer com que as pessoas tenham cidadania. Que a formação e a proteção às crianças e aos adolescentes continuem sendo asseguradas com muita responsabilidade e comprometimento pelas instituições, por meio da realização de um trabalho tão bonito”, ressaltou o secretário de Desenvolvimento Social, Miguel Felício.

Sônia Helena, coordenadora da Rede de Atenção, e equipe

As oficinas oferecidas pela Prefeitura, por meio da Rede de Atenção, possibilitam aos jovens a obtenção de uma maior qualificação e facilitam a inserção no mercado de trabalho. “Muitos já estão fazendo trabalhos e ganhando seu próprio dinheiro. Há catorze anos trabalhamos de forma comprometida e com uma equipe multidisciplinar, para atender nossas crianças e adolescentes da melhor maneira possível. Esse é um trabalho muito gratificante e a cada ano aumentamos o número de alunos certificados”, disse a coordenadora da Rede de Atenção.

Edielson Silva

Edielson Silva, 15 anos, fez o curso de Alfabetização Digital. “Eu gostei do curso, achei muito legal,. Também participo do Conquista Criança, toco violão no coral, e ano que vem pretendo dar continuidade a outros cursos de informática”.

Jovens atendidos pelo Cras Rural de José Gonçalves se apresentaram na solenidade de certificação

As matrículas para os cursos de Inclusão Digital começam a partir do dia 6 de janeiro de 2014. Para matricular-se é necessário a apresentação dos documentos pessoais do estudante e do responsável e comprovante de endereço. A Rede de Atenção e Defesa da Criança e do Adolescente está situada na Praça Tancredo Neves, nº 116, Centro. Mais informações pelo telefone (77) 3424 8917.