Uma das mais importantes ações realizadas pelo Centro Municipal Especializado em Reabilitação Física e Auditiva (Cemerf) de Vitória da Conquista é o fornecimento de cadeiras de rodas para pessoas com deficiência física ou mobilidade reduzida. A concessão dos instrumentos é feita com recursos do Governo Federal, por meio do Ministério da Saúde (MS) e incorporados ao Financiamento da Média e Alta Complexidades (MAC).

De acordo com a coordenadora do CEMERF, Cristiane Rocha Cestari, parte do montante cedido pelo MS é destinado à oferta gratuita de equipamentos como bengalas, muletas, andadores, órteses, próteses, aparelhos auditivos, bolsas de colostomia e Cadeiras de rodas. Segundo a coordenadora, só nos últimos dois anos, foram entregues mil cadeiras de rodas para a comunidade.

A destinação dos recursos recebidos do Ministério da Saúde varia de acordo com a demanda de cada equipamento e com a programação do CEMERF. No caso das cadeiras de rodas, esses valores são flutuantes: “temos vários tipos de cadeira de rodas e cada uma tem um custo específico”, afirmou a coordenadora. “A distribuição é feita para qualquer pessoa que necessite, sem distinção, tendo como base os CIDS publicados em portaria do MS. O paciente pode estar no programa de reabilitação do CEMERF ou pode ser oriundo de demanda externa. Neste casos, ele comparece ao CEMERF, conforme agendamento bem como disponibilidade do equipamento, passando por avaliação, treinamento e orientações quanto ao uso”, completou Cristiane Cestari. A concessão das cadeiras continuará sendo feita pelos CEMERF e já existe a previsão de novas entregas ainda para este ano nas próximas concessões, a partir do mês de junho.

Um belo exemplo deste trabalho realizado pelo CEMERF é a história de dona Isabel Santana carvalho, que é atendida pelo serviço há mais de cinco anos. Nesse período, ela chegou a sofrer uma queda que danificou a cadeira, mas recebeu uma nova. Dona Isabel diz se sentir em casa com o tratamento que recebe aqui, e não poupa elogios aos profissionais destacando o carinho, o profissionalismo e o cuidado. Ela afirma: “o atendimento é importante porque a gente se sente à vontade, eu aqui me sinto em casa. Melhorei aqui com os exercícios e estou fazendo em casa o que aprendi aqui. O CEMERF pra mim é muito importante, é tudo, porque estou conseguindo recuperação. O CEMERF pra mim é vida”.