Criadora da Childhood World Foundation, a rainha Sílvia da Suécia estará em Vitória da Conquista na terça-feira (8), para conhecer o funcionamento do Complexo de Escuta Protegida (CEP) implantado pela Prefeitura com parceria da ChillHood Brasil.

O CEP foi inaugurado pela prefeita Sheila Lemos em agosto do ano passado, é um equipamento voltado para a tomada de depoimento especial das crianças e adolescentes que sofreram ou testemunharam algum tipo de violência, e concretiza a adoção da Lei Federal nº 13.431/2017, denominada de Lei da Escuta Protegida.

Vitória da Conquista é o primeiro município do Brasil a implementar a lei, dando-lhe funcionalidade por meio do complexo, que faz parte do Centro Integrado dos Direitos da Criança e do Adolescente, onde estão congregados vários órgãos atuantes na proteção juvenil, como conselhos tutelares, Conselho Municipal da Criança e do Adolescente, Creas, entre outros, além das presenças do Ministério Público Estadual e da Vara de Violência Doméstica e Familiar.

A rainha da Suécia chegará a Vitória da Conquista às 10 horas da terça-feira e será recebida pela prefeita Sheila Lemos. No local, Sua Majestade conhecerá o espaço onde funciona o Complexo de Escuta Protegida e visitará os demais setores do Centro Integrado dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Durante a visita, a rainha Sílvia fará um pronunciamento e em seguida responderá perguntas da imprensa, restritas ao assunto de sua vinda a Vitória da Conquista.

Sobre a rainha Sílvia da Suécia

A rainha Sílvia da Suécia nasceu Sílvia Renata Sommerlath, na cidade de Heidelberg, Alemanha. Filha do empresário alemão Walther Sommerlath e da brasileira Alice Soares de Toledo.

A família da rainha morou em São Paulo por dez anos (de 1947 a 1957) e ela estudou no Colégio Visconde de Porto Seguro, instituição de ensino de tradição alemã. A família retornou para a Alemanha Ocidental em 1957.
Em 1976, Silvia Sommerlath casou-se com o rei Carlos XVI Gustavo da Suécia. O casal tem três filhos: a princesa Vitória, príncipe Carlos Filipe de Varmlândia e princesa Madalena da Helsíngia e Gestrícia.

A rainha Silvia da Suécia criou em 1999 a World Childhood Foundation, da qual faz parte a Childhood Brasil. A instituição conta com escritórios na Suécia, na Alemanha, nos Estados Unidos e no Brasil. A organização é certificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP).