A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) tem ampliado as ações extramuros para garantir aos moradores de residenciais e condomínios dos bairros mais afastados da cidade a assistência em serviços básicos de saúde com o projeto HAB SUS, criado pela SMS. Uma dessas ações foi realizada, na última sexta-feira (18), no Condomínio Residencial das Rosas, no bairro Nova Cidade e, em março, serão contemplados os residenciais das Flores e das Margaridas, no bairro Campinhos.

No Nova Cidade, adolescentes e adultos foram atendidos em consultas clínicas e de enfermagem, aferição de pressão arterial e glicemia, testagem para detecção da sífilis, acompanhamento do Bolsa Família e atendimentos odontológicos com a equipe da Caravana do Sorriso. Na ação 366 adultos foram vacinados com 1ª ou 3ª dose.

Moradora do Condomínio, Kedma Magalhães, de 33 anos, levou os quatro filhos para aproveitar todos os serviços, sendo que dois deles, adolescentes, passaram pelo atendimento odontológico. “Muito bom isso aqui. Graças a Deus, consegui pedidos médicos, trocar receita, eles passaram pelo atendimento com o dentista, coisas que a gente tem um pouco de dificuldade para conseguir”.

O HAB SUS é um projeto desenvolvido pela Secretária Municipal de Saúde (SMS) em parceria com Faculdade Santo Agostinho (Fasa), com objetivo de ampliar o acesso dos serviços de saúde aos moradores das áreas ainda descobertas dos serviços da atenção primária. Essas atividades são regulares e também contam com o apoio de serviços da Secretaria de Desenvolvimento Social (Semdes).

“Essas áreas descobertas são áreas de abrangência do HAB SUS, onde nós prestamos o atendimento, observando antes a demanda e as necessidades de cada região. Todos os meses a SMS vai escolher um território para levar os serviços de saúde para mais perto da população”, destacou Paula Ghirello, uma das mobilizadoras do projeto HAB SUS.