Democratizar o acesso à cultura e ampliar o repertório cultural de estudantes, professores e comunidades escolares do ensino básico. Este é o objetivo do programa cultural que está sendo desenvolvido na Escola Municipal Maria Santana. Para conhecer melhor sobre essa iniciativa, pais, alunos e professores da escola participaram, na tarde dessa terça-feira, 2, de um encontro.

Além de apresentações culturais feitas pelos alunos, os participantes tiveram a oportunidade de ouvir uma palestra com o escritor, ilustrador de livros infantis e contador de histórias, Paulo Debs. Na ocasião, o autor falou sobre a cultura e sobre a importância do apoio dos pais no desenvolvimento do hábito da leitura nas crianças.

Eliane Nascimento

Segundo a diretora da Escola, Eliane Nascimento, o programa, desenvolvido em parceria com o Projeto Ide e Ensinai, trabalhará com contação de histórias e atividades que ajudam os alunos a ampliarem os valores morais e sociais. “O projeto cultural vem para tirar muitos dos nossos meninos da ociosidade, despertando neles o gosto pela leitura”, declarou.

Paulo Debs

Para o escritor Paulo Debs, é imprescindível a participação da família e da escola no processo de formação de leitores. “Eu creio que, se estimularmos as crianças por meio de livros criativos, que busquem valores e estejam ao alcance delas, nas suas casas e nas escolas, em espaços como bibliotecas, conseguiremos que as nossas crianças se tornem leitores mais apaixonados, mais críticos e terão os livros como algo indispensável para a sua vida”.

Gilvanete Alves

Os pais aprovaram a iniciativa. Para a funcionária doméstica Gilvanete Alves, que tem dois filhos estudando na escola, a leitura contribui para o maior aprendizado dos alunos. “Além disso, é importante a participação dos pais em todos os momentos da educação dos filhos”, completou.

A Escola Municipal Maria Santana é uma das 5 mil instituições públicas de ensino que receberam o programa cultural. As atividades serão desenvolvidas até maio de 2015.