Com o intuito de preparar os servidores efetivos que ingressaram recentemente na Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista, bem como para atualizar os conhecimentos daqueles que já atuam nos Serviços de referência especializados de assistência social para a população em situação de rua, está sendo realizada uma capacitação interna para esses profissionais. As atividades tiveram início nessa quarta-feira, 6, e se estendem até esta quinta, 7. Durante a ação, estão sendo discutidos temas relacionados às drogas, violência intrafamiliar, educação e diversidade sexual, além de aspectos sobre o funcionamento do serviço.

A programação teve início com uma palestra da assessora técnica da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Ana Mara Dutra. Na oportunidade, ela discursou acerca de “Conceitos gerais sobre consumo de álcool e outras drogas”. As atividades são voltadas a técnicos e educadores sociais dos serviços especializados de assistência social para a população em situação de rua, à equipe de Abordagem Social e à equipe do Consultório na Rua/Saúde. No total, 22 profissionais participam da capacitação.

Para o gerente do Serviço de referência especializado de assistência social para a população infantojuvenil em situação de rua, Ualy Castro, que está promovendo a ação, o objetivo é oferecer um momento de reflexão e aprendizado. Além de socializar a função do serviço e o seu papel diante da rede socioassistencial, a intenção também é promover uma atitude de intervenção com os públicos atendidos.

Sueli Braga

“Pretendemos propor a eles um olhar para os cuidados com a saúde, sobretudo, no que diz respeito às múltiplas substâncias psicoativas, que são um determinante na vida dessa população, condicionando a ela um estado de dependência química. Temos que procurar trabalhar e acrescentar para os profissionais essa leitura sobre a saúde mental”, explicou.

Absorver as experiências socializadas para somar informações e qualificar a prática do seu trabalho é a expectativa da gerente do serviço especializado de assistência social para a população adulta em situação de rua, Sueli Braga, que está integrando a capacitação. “A gente espera levar mais conhecimento para melhorar o nosso serviço e aprimorar o nosso atendimento junto ao nosso público”, revelou.

Glícia Kely

A assistente social Glícia Kely passou a compor a equipe de servidores da Prefeitura recentemente e está atuandono projeto Consultório na Rua. Para ela, a contribuição da atividade se dá, principalmente, pela possibilidade de familiarização mais profunda com o serviço. “Isso exige de nós um trabalho intersetorial, de trabalhar em rede e em parceria. Esse momento é de fundamental importância, pois nós vamos conhecer todos os serviços da rede municipal voltados à população em situação de rua, para adquirirmos conhecimento e levarmos para a nossa prática”, afirmou.