Na manhã desta segunda-feira (20), profissionais do 9º Batalhão da Polícia Militar de Vitória da Conquista foram vacinados contra o vírus da Influenza. A ação foi realizada pela Coordenação Municipal de Imunização e faz parte da segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza.

Profissionais da força de segurança estão sendo priorizados neste momento

Nesta fase, o público-alvo é composto por profissionais das forças de segurança e salvamento; portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais; funcionários do sistema prisional; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas; população privada de liberdade; caminhoneiros, motoristas e cobradores de transporte coletivo e portuário.

Apesar de o calendário nacional ter estabelecido o início da segunda fase para o dia 16 de abril, Vitória da Conquista iniciou a ação apenas no dia 17, quando recebeu do Governo do Estado um lote de 6 mil doses do Governo do Estado. Por se tratar de um número pequeno, não foi possível disponibilizar doses para as unidades de saúde.

No 9º Batalhão, os profissionais são orientados a usar máscaras de proteção; e, para se vacinar, eles obedeceram a distância de 1,5 metros na fila

“Nós resolvemos priorizar, neste momento, a vacinação do pessoal da força de segurança, porque eles também estão na ponta da linha de risco, visto que eles não pararam de trabalhar em nenhum momento”, explica a coordenadora municipal de Imunização, Camila Assunção.

“Realmente é importante que esse pessoal, que está na linha de frente em defesa da sociedade, possa ser vacinado e assim estar protegido”, avalia o Tenente Coronel Souza Júnior, comandante do 9º Batalhão.

Até o fim desta semana, serão imunizados os profissionais da 77ª, 78ª e 92ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM); do Comando de Policiamento do Sudoeste (CPR); do Comando de Operações Especiais; da Ronda Maria da Penha; da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Caesg), do Comando de Policiamento Especializado (CPE); e da Diretoria de Atenção Programática e Especializada (Dape); trabalhadores e internos do Conjunto Penal de Vitória da Conquista; e caminhoneiros.

Os demais grupos que compõem o público-alvo desta etapa da Campanha terão acesso à vacina a partir de quarta-feira (22)

Na sexta-feira (17), a Prefeitura levou a vacina até a Polícia Rodoviária Federal (PRF), ao Distrito Integrado de Segurança Pública (Disep) e ao presídio Nilton Gonçalves.

Novas doses – Na quarta-feira, 22 de abril, o Governo Municipal deve receber do Estado um novo lote de vacinas, com 8 mil doses. Elas serão distribuídas entre as unidades de saúde da zona urbana e zona rural da cidade, onde ficarão disponíveis para a comunidade.

“Vale lembrar que o idoso ou o trabalhador de saúde que não foi contemplado com a vacina na primeira fase pode se dirigir às unidades de saúde para realizar a vacinação”, destaca Camila.