Julho é lembrado pelo mês de combate às hepatites virais. Aqui em Vitória da Conquista, a equipe do Centro de Atenção e Apoio à Vida (CAAV), por meio da Secretaria Municipal de Saúde, está promovendo diversas ações durante todo o mês. Uma destas ações foi no Presídio Nilton Gonçalves. A proposta foi chamar a atenção da população carcerária para a importância da prevenção, da detecção e do tratamento das hepatites.

A visita aconteceu na ala feminina do presídio. De acordo com a coordenadora do CAAV, Riviane Santana, diversas ações foram realizadas com as internas da instituição. “Disponibilizamos teste sorológico para triagem dos vírus das hepatites B e C, HIV e sífilis”, explicou a coordenadora. Além das doenças citadas, a ação também serviu para que outras infecções pudessem ser detectadas: “foi feita também uma triagem com abordagem sindrômica das internas, na qual foram identificados alguns sinais e sintomas de infecções sexualmente transmissíveis para possíveis tratamentos”, afirmou Riviane.

As hepatites são transmitidas sexualmente ou através de contato com sangue contaminado e atacam o fígado, podendo levar à cirrose e ao câncer. O tratamento é oferecido pelo Ministério da Saúde, por meio do Caav, onde os pacientes são acompanhados por médico hepatologista, nutricionista, enfermeira e psicólogo.

As ações da campanha contra as hepatites continuam até o fim da semana. No dia 28, é celebrado o Dia Mundial de Combate à doença e, para reforçar a campanha, um estande foi montado na porta do CAAV. Quem visitar o local poderá realizar o teste rápido para detectar as hepatites B e C, além de receber informações e material educativo sobre a doença. O CAAV fica na Praça João Gonçalves, s/n, no Centro de Vitória da Conquista, próximo à Prefeitura.