As chuvas deram uma trégua nos últimos dias e as equipes de trabalho da Prefeitura estiveram, nesta sexta-feira, 4, em trechos emergenciais da cidade executando a Operação Tapa-Buraco. O trabalho, que utiliza asfalto quente, deve seguir neste fim de semana, caso o tempo se mantenha estável.

“Adquirimos, no valor de R$4 milhões, insumos para a fabricação do asfalto. Mas, durante três semanas, presenciamos um tempo que não permitia esta fabricação. Hoje, que é o terceiro dia sem chuvas, retornamos com força o serviço de tapa-buracos, iniciando pela parte central”, contou o secretário de Infraestrutura Urbana, José Antônio Vieira.

Na Avenida Bartolomeu de Gusmão, por onde o serviço começou, como o piso estava bastante danificado, foi feito um trabalho chamado de reperfilamento. O processo consiste em corrigir a forma do pavimento, recompactando-o. Um trecho da Avenida Otávio Santos também foi beneficiado com o mesmo serviço.

“O Tapa-Buracos vai se estender por diversos bairros, dando preferência às vias de circulação de transporte público e as de maior volume de tráfego. O que tivemos de buracos este período foi herdado de vários e vários anos de uma cidade que vinha sendo pavimentada sem as obras de drenagem e se a manutenção necessária”, explicou José Antônio.

A operação está sendo executada pela Empresa Municipal de Urbanização de Vitória da Conquista (Emurc) em parceria com a Secretaria de Serviços Públicos. A Prefeitura está trabalhando também no recapeamento asfáltico da Avenida Sérgio Vieira de Melo (continuação da Amazonas, na Urbis IV).