O secretário de saúde, Alexsandro Nascimento, recebe do vice-presidente da Loja Maçônica Fraternidade Conquistense, Georgio Mariano, 200 máscaras de acrílico

Em meio à crise global instaurada pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19), ações de solidariedade têm recebido o devido destaque no Brasil. Na manhã desta terça-feira (31), as Lojas Maçônicas de Vitória da Conquista entregaram à Secretaria Municipal de Saúde (SMS), 200 máscaras que serão utilizadas pelas equipes que atuam diretamente no combate ao vírus.

Estas máscaras são protetores faciais feitos de material acrílico, produto resultado da união de pesquisadores, estudantes, empresários e lojas maçônicas de Vitória da Conquista. Feitos em cerca de 5 minutos em uma impressora 3D, os protetores têm a vantagem de serem mais resistentes que as máscaras convencionais e deverão atender, de forma imediata, a demanda dos profissionais de saúde do município pelo equipamento.

A confecção das máscaras é uma iniciativa de estudantes, pesquisadores e das Lojas Maçônicas de Vitória da Conquista

Para o secretário de saúde, Alexsandro Nascimento, a doação de equipamentos de proteção individual, como as máscaras, é de extrema importância neste momento. “Em meio à escassez de equipamentos de proteção em todo o país, ficamos muito felizes com esse grande gesto de solidariedade. A maçonaria nos procurou pra fazer a doação das máscaras e isso irá nos ajudar ainda mais no enfrentamento da crise”, relata Alexsandro.

De acordo com o vice-presidente da Loja Maçônica Fraternidade Conquistense, Georgio Mariano, as lojas maçônicas têm como missão principal realizar trabalhos de cunho filantrópico. “É uma ação conjunta feita com a participação de todas as Lojas Maçônicas de Vitória da Conquista. Vimos a iniciativa dos pesquisadores e estudantes das instituições de ensino da cidade e decidimos agir mediante a necessidade do equipamento, dando os subsídios necessários para sua confecção”, explica Georgio.