Entre lindas orquídeas e abelhas sem ferrão, a Prefeitura de Vitória da Conquista realizou nesta quinta-feira (7), a cerimônia de descerramento da placa que nomeia o Orquidário Municipal Zilda Gusmão.

Durante a solenidade, muitas homenagens foram prestadas à dona Zilda Gusmão Pereira, que agora nomeia uma das principais atrações turísticas da cidade, e ao seu filho, o ex-prefeito Herzem Gusmão. Emocionada, Eleuza Gusmão, filha primogênita, relatou que a homenagem é uma honra à memória da sua mãe. “Eu me sinto feliz e agradecida por esse ato”, relatou.

Ao lado dos familiares de dona Zilda, o vereador Luís Carlos Dudé elogiou a iniciativa da prefeita Sheila Lemos. Segundo ele, a nomeação desse espaço foi uma bela homenagem aos saudosos dona Zilda e Herzem Gusmão, pelos feitos e serviços prestados a Vitória da Conquista. “Dona Zilda merece outras homenagens nessa cidade e nós assim o faremos”, disse.

De acordo com a prefeita Sheila Lemos, dona Zilda gostava muito de flores, sendo forte e delicada como uma orquídea. “Como não amar dona Zilda? Uma pessoa que tinha tudo isso por Vitória da Conquista, um grande carinho por nós?”, questionou. Ainda em sua fala, Sheila afirmou que um lugar tão bonito e com tantas orquídeas só podia se chamar Orquidário Municipal Zilda Gusmão.

“Foi um sonho. Acho que Herzem que falou: “minha filha, bota o nome de mãe no orquidário. Foi isso o que aconteceu. Eu fico muito emocionada porque não foi uma coisa pensada, raciocinada, não foi nada disso”, declarou a gestora.

A ouvidora-geral do município e neta primogênita de dona Zilda, Thaisy Gusmão, relatou que dias antes de ser internada, sua avó esteve no Orquidário, sendo este o último passeio dela pela cidade. “Hoje eu tenho a honra de estar nessa homenagem feita pela prefeita Sheila, que é uma homenagem para toda a família, que leva o nome de Zilda Gusmão, um lugar tão belo e que lembra a essência da minha avó”.

Segundo a secretária Municipal de Meio Ambiente, Ana Claúdia Passos, o orquidário foi um presente para a cidade, um espaço de visitação para toda a família. “É um espaço de contemplação, de bem-estar e muito agradável. A gente pensou em cada detalhe, cada flor tem um significado”, disse, ao destacar a homenagem à dona Zilda, que foi uma matriarca inspiradora.

O Orquidário Municipal Zilda Gusmão e o Meliponário, nomeado pelo Decreto Municipal nº 22.868, de 11 de outubro de 2023, foi inaugurado em 10 de setembro, e até o momento já recebeu mais de 4.500 visitantes