A Secretaria de Desenvolvimento Social (Semdes) realizou ontem (28) uma ação comunitária para os abrigados na Escola Municipal Marlene Flores. A ação realizada pelo Centro de Referência em Assistência Social (Cras) Nossa Senhora Aparecida foi uma oportunidade para as famílias que estão com as informações do Cadastro Único desatualizadas, que precisavam tirar dúvidas ou fazer o cadastro.

Outro serviço importante é o de documentação civil do Cras, que possibilita a retirada de primeira ou segunda via de documentos como carteira de identidade e certidão de nascimento.

“Com o advento das fortes chuvas que têm caído na região, principalmente em Lagoa das Flores, foi verificada a necessidade das famílias atualizarem suas informações do Cadastro Único e outras demandas como as condições estruturais das casas e documentação civil”, explicou a gerente do Cras, Eliude Bonfim.

Durante a ação, foram realizados mais de 100 atendimentos de pessoas, como Alírio Ferreira de Souza, morador do sítio Alegria. Ele informou a situação que sua residência ficou comprometida depois das chuvas. “Eu contei três rachaduras em minha casa. Estou preocupado, desempregado e por isso vim aqui pedir ajuda da prefeitura” informou Alírio.