Você sabe dizer “oi”, “olá”, “bom dia”, “obrigada”, “de nada”, para uma pessoa surda, na língua dos sinais? A maioria das pessoas não sabe. Pensando em melhorar a comunicação dos serviços da Assistência Social, as Secretarias de Educação e Desenvolvimento Social estão oferecendo um curso de libras para os servidores que atendem o público dos serviços municipais.

Durante o curso, que acontece no auditório da Secretaria de Trabalho, Renda e Desenvolvimento Econômico (Semtre), com carga horária de 60 horas, os servidores aprendem noções básicas de comunicação com os surdos que buscam atendimento. Para Jaqueline França, instrutora de Libras, o curso é uma garantia de acessibilidade para este público. “Muitos servidores do Cras estão em contato direto com a comunidade surda e não sabem como se comunicar, dificultado o acesso dessas pessoas aos serviços de proteção social. Com este curso, eles estarão aptos a ter uma comunicação básica com este público”, explicou.

Formas de agradecer na linguagem dos sinais com a instrutora Jaqueline

Joilda Moreira, assistente social do Cras Jardim Valéria, acredita que esta é uma grande oportunidade para os servidores. “É essencial e é mais uma ferramenta para nos auxiliar. Era uma demanda antiga dos trabalhadores dos Cras que agora está sendo atendida”, informou.

Assistente social Joilda Moreira