De porta em porta, dia após dia, os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e os Agentes de Combate às Endemias (ACE) são as pessoas que desempenham o papel principal dentro do Sistema Único de Saúde (SUS), andando lado a lado com a população, acolhendo suas fragilidades e com o compromisso de assegurar saúde a todas as pessoas que passam pelas suas rotinas de trabalho.

Hoje, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) conta com o trabalho 700 agentes ativos, 526 deles agentes comunitários de saúde dentro da Atenção Básica e 174 agentes de combate às endemias, ligados à Vigilância em Saúde.

Rubinei Santos é agente de saúde desde 1999 e hoje atende os moradores da área de referência da Unidade de Saúde da Família Nova Cidade. Ele reconhece a importância do seu trabalho e se sente grato por conseguir ajudar tantas pessoas. “Nós somos o elo entre a comunidade e a Secretaria de Saúde. São mais de 20 anos, metade da minha vida, fazendo aquilo que eu gosto de fazer, que é ajudar o próximo e me sinto grato por colaborar com a saúde de tantas pessoas. Eu parabenizo todos os colegas de trabalho tem essa satisfação de ver o resultado e a gente vê isso no esforço de cada um. Vamos continuar a nossa batalha”, contou o ACS.

Atuando há 19 anos como agente de endemias, Elisânia Oliveira, afirma sentir a mesma satisfação ao lidar diariamente com a população que confia no seu trabalho. “É uma missão muito importante que nós fazemos com prazer, porque lidamos com a prevenção para evitar que as doenças causadas pelo mosquito cheguem até as pessoas. E é um trabalho de parceria e colaboração com a população, porque sozinhos nós não conseguimos fazer esse trabalho”, ressaltou a agente.

Durante a pandemia, o trabalho dos agentes se tornou ainda mais desafiador, já que eles não podiam entrar nas residências como de costume. Foi preciso mudar a forma de trabalho, montar grupos de whatsapp com o contato de todos os pacientes para mantê-los informados, deixar medicamentos embaixo da porta ou na caixa do correio, lembrando a cada morador sobre a prevenção. Foi nesse momento que eles se mostraram peças ainda mais essenciais na assistência à população.

A secretária municipal de saúde, Ramona Cerqueira, destaca que trabalhando juntos, agentes de saúde e de endemias, são os profissionais que estão o tempo todo na acolhida da população que depende extremamente dessa receptividade e da garantia dos serviços de saúde dentro do nosso município. “Temos que levar informação e saúde a cada canto, principalmente nas áreas mais carentes de atenção e ter os agentes nessa linha de frente, é fundamental para trazer a população para mais perto da Secretaria Municipal de Saúde”, destacou.

Como reconhecimento, a secretária parabeniza o esforço e desempenho diário de cada agente: “Continuem cuidando de cada família nos espaços individuais e coletivos. A nossa intenção é fazer mais saúde com o mínimo que temos disponível. Meu muito obrigada a todos esses agentes que são verdadeiras peças de transformação social”.