Foi mais uma edição do projeto Dia de Campo e que beneficiou os produtores de Campo Formoso

Incentivar os agricultores da zona rural de Vitória da Conquista para que obtenham rentabilidade na cultura a qual se dedicam é um dos objetivos da Prefeitura Municipal. Foi cumprindo esse compromisso que uma equipe de técnicos da Secretaria Municipal de Agricultura se reuniu na tarde desse sábado, 7, com agricultores do povoado de Campo Formoso para realizar mais uma edição do projeto Dia de Campo.

O propósito da atividade foi orientar os produtores sobre as estratégias e os cuidados com a plantação de mandioca, produto típico da região que está localizada na chamada zona da mata de cipó e por isso, possui solo e clima propícios ao plantio da raiz.

Na ocasião, o secretário municipal de Agricultura, Odir Freire, destacou a atenção do Governo Municipal em levar aos agricultores toda assistência técnica necessária. “Atendendo a solicitação da comunidade, estamos mais uma vez aqui com os agrônomos da Prefeitura contribuindo com o fortalecimento da mandiocultura e trazendo até a comunidade um serviço que é disponibilizado rotineiramente na Secretaria de Agricultura e em um momento que é especial para a comunidade porque antecede a 6ª Festa da Farinha de Campo Formoso”. A Festa da Farinha, que conta com o apoio da Prefeitura Municipal, será realizada no povoado entre os dias 26 e 28 de dezembro.

Após a reunião, os participantes visitaram uma plantação de mandioca para acompanhar um treinamento sobre o sistema de produção, com demonstrações sobre como é o preparo do solo e como deve ser feito o plantio – com espaçamento adequado, aplicação e quantidades corretas do calcário e adubo. “Queremos melhorar a produção da mandioca que nos últimos 50 anos vem reduzindo por conta da baixa fertilidade dos solos e a diminuição da regularidade das chuvas”, destacou o engenheiro agrônomo da Prefeitura, João Rubens Chagas.

Para o mandiocultor e morador de Campo Formoso, Ideon Ferreira, o acompanhamento que recebe da Secretaria de Agricultura tem contribuído bastante em sua produção. “Essa vinda dos técnicos aqui é muito importante para todos nós agricultores e o que a gente quer é que melhore e se Deus quiser vai dar certo”, afirmou.

Já o engenheiro agrônomo, Sálvio Gusmão, que também compartilhou conhecimentos técnicos sobre mandiocultura, ressaltou: “reafirmamos o compromisso do Governo Municipal ofertando o apoio técnico necessário para fortalecer o cultivo da mandioca em Campo Formoso e região”.

Ainda durante o Dia de Campo foram abordadas questões referentes ao Plano Garantia Safra e ao Plano Nacional de Habitação Rural (PNHR). Também participaram da atividade, o coordenador municipal de Infraestrutura e Serviços Rurais, Noeci Salgado, o diretor comercial da Coopasub, Dorival Araújo, o diretor do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Vitória da Conquista, João Lélis, e a presidente da Associação de Moradores de Campo Formoso, Senhora Salgado.

Assessoria permanente – No início de novembro, após reunião entre Administração Municipal e agricultores, técnicos visitaram propriedades em diversas regiões do Município para ajudar os moradores de Campo Formoso a encontrarem sementes próprias para o plantio. Eles também realizaram uma análise do solo e assessoraram os agricultores quanto ao plantio e cultivo.

Um mês antes, foi realizada uma audiência pública na Câmara de Vereadores, proposta pelo vereador Júlio Honorato, para discutir a mandiocultura na zona rural conquistense.