A Prefeitura de Vitória da Conquista manifesta profundo pesar pelo falecimento da servidora Angélica Brasil, aos 31 anos, vítima de um acidente na noite de domingo (26).

Angélica era monitora escolar na extensão da Escola Municipalizada Carlos Santana, há pouco mais de um ano, onde desenvolvia atividades esportivas. E foi a sua paixão pelo esporte que despertou interesse nos alunos, os quais tinham por ela respeito e admiração.

Mãe e esposa dedicada, Angélica deixa o filho Benjamim, 8 anos, e o esposo Lázaro Magnavita, de quem era parceira em projetos esportivos.

O corpo será velado a partir das 13h, no Centro Espírita Caminheiros da Esperança, localizado na Rua José do Patrocínio, bairro Flamengo. O sepultamento está previsto para às 17h, no Cemitério Parque da Cidade.

Neste momento de dor e luto, a prefeita Sheila Lemos e o secretário de Educação, Edgard Larry externam sentimentos de solidariedade a familiares, amigos e a toda comunidade escolar da Escola Carlos Santana.