Com um investimento de R$ 199 mil, a Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista está construindo, com recursos próprios, a nova sede da Unidade de Saúde da Família Nossa Senhora Aparecida. A obra será realizada em uma área de 186 m2 e contará com dois consultórios clínicos, um consultório odontológico, farmácia, sala de vacina, sala de procedimento, sala de espera e demais ambientes de apoio administrativo.

Maria da Conceição Dias dos Santos

O objetivo é atender os anseios da comunidade e da equipe de saúde da família, como revela a agente comunitária de saúde, Maria da Conceição Dias dos Santos. “Para nós, a expectativa é uma das melhores, o ambiente influi muito no atendimento. Como usuária vou poder dizer que a unidade é nossa. Essa obra é uma vitória, a gente recebeu um presente de Deus”.

Luciene de Jesus Oliveira

A nova unidade possuirá uma recepção maior, que possibilitará um melhor acolhimento aos usuários, explica a agente administrativa da unidade, Luciene de Jesus Oliveira, responsável pela recepção dos usuários. “A nova unidade vai qualificar o nosso atendimento e melhorar nossas condições de trabalho, com uma recepção ampla”

Mais investimentos: serão entregues até o final de julho 11 postos de saúde na zona rural, um investimento de cerca de R$ 520 mil do Governo Municipal, com indicação do Orçamento Participativo e de emendas parlamentares da Câmara de Vereadores. Serão beneficiadas as comunidades dos povoados de Matinha (Bate-Pé), Laranjeiras (São Joaquim), Braga (São Joaquim), São Joaquim de Paulo (Capinal), Periquito (Capinal), Barrocas (Capinal), Barreiro (Distrito Industrial), Ribeirão (Distrito Industrial), Baixa do Muquém (Distrito Industrial), Lagoa de Maria Clemência (Pradoso), Baixa da Porteira (Veredinha).

Deyse Matos

Além das construções, a Prefeitura também está realizando reformas; ao todo, são mais de R$ 500 mil investidos, por meio de convênio com o Ministério da Saúde, que garantiu a reforma das unidades Jardim Valéria, Miro Cairo, Panorama, Bruno Bacelar, Professor Nelson Barros, José Gomes Novais, Inhobim, Hugo de Castro Lima, São João da Vitória, Conveima I e  CAE II. “Essas unidades estão sendo reformadas com recurso de Requalificação das Unidades de Saúde do Ministério da Saúde, e, além das reformas, vão receber ainda este ano mobiliário novo”, esclarece a diretora da Atenção Básica, Deyse Matos.