As chuvas que caíram em Vitória da Conquista nos últimos dias provocaram erosões nas laterais da ponte sobre o Rio Verruga, localizada na Avenida Marcelino Rosa, colocando em risco a estrutura de apoio do equipamento. O local foi interditado pela Prefeitura Municipal desde o fim da tarde dessa segunda-feira (13) e, na manhã de hoje, equipes de três secretarias municipais vistoriaram a ponte e já iniciaram os serviços emergenciais.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente trabalha para desobstruir o leito do rio. Nesta manhã, a equipe da secretaria começou a retirar as árvores que caíram no local em decorrência das últimas chuvas. Já a Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana toma as medidas necessárias para recuperar o apoio da ponte com o intuito de liberar o tráfego o mais rápido possível.

Os secretários de Infraestrutura Urbana, Meio Ambiente e Mobilidade Urbana, respectivamente, José Antônio, Ana Cláudia Passos e Jackson Yoshiura, estiveram no local e informaram que os serviços de limpeza do leito do rio e da proteção lateral da ponte são emergenciais. “Vamos providenciar a elaboração do projeto estrutural para recuperar a ponte”, completou o coordenador de Obras da Seinfra, Luís Carlos Neves.

A ponte da Avenida Marcelino Rosa liga o bairro Recreio à Avenida Luís Eduardo Magalhães. Com a interdição, os motoristas deverão pegar a Av. Genésio Porto, sentido Luís Eduardo ou sentido Centro. Os moradores do Caminho do Parque têm acesso ao local pela Av. Luís Eduardo.

Parque Ambiental – O local que fica às margens do Rio Verruga e faz parte do Parque Ambiental da Cidade. A obra, que será executada em várias etapas, abrange uma área que vai desde a Avenida Bartolomeu de Gusmão até o Anel Viário.

Serviços começaram a ser realizados no fim de 2019 com o início do levantamento topográfico e da limpeza da área. Depois dessas ações, será a vez da execução das obras de acesso ao espaço chamado de Catedral de Flores e melhorias na Av. Hostílio de Carvalho, que dá acesso ao local. Os serviços de engenharia para esta etapa correspondem ao montante de R$ 859.431,59 e serão executados pela Empresa Municipal de Urbanização de Vitória da Conquista (Emurc).