Nessa quarta-feira, 20, foi celebrado o Dia da Consciência Negra. A data histórica representa mais um importante passo para o fortalecimento das políticas públicas desenvolvidas para a promoção da igualdade racial em todo o país. Em Vitória da Conquista, este foi o dia escolhido para a posse dos membros do Conselho da Promoção da Igualdade Racial (Compir). A solenidade aconteceu no Gabinete Civil da Prefeitura e contou com a presença do prefeito Guilherme Menezes; do chefe de Gabinete, Márcio Higino Melo; do secretário de Governo, Edwaldo Alves; dos vereadores Fernando Vasconcelos, Cícero Custódio, Coriolano Moraes, Irma Lemos, Joaquim Libarino, Júlio Honorato e Ricardo Babão.

“Para nós é uma grande honra participar da solenidade de instalação do conselho. Nossa cidade precisa fortalecer cada vez mais o debate sobre esse tema, portanto ajudem Vitória da Conquista a ser uma cidade cada vez melhor, com cidadãos conscientes”, declarou Guilherme Menezes. O conselho é responsável por propor, em âmbito municipal, políticas de promoção da igualdade racial com ênfase na população negra, povos indígenas e outros segmentos étnicos da população, com o objetivo de combater o racismo e a discriminação racial, entre outros.

Júlio Honorato

O representante da Câmara de Vereadores no Compir, o vereador Júlio Honorato, falou da prioridade que a Administração Municipal dá a essa temática. “O Governo Municipal está sempre preocupado com o desenvolvimento social e em combater as diferenças. E, para mim, é um prazer estar aqui representando a Câmara Municipal, que também está atenta ao povo, e participar deste conselho que tem muita qualidade”, disse.

Edwaldo Alves

O secretário municipal de Governo, Edwaldo Alves, também salientou que os governos Federal, Estadual e Municipal têm lutado pela igualdade racial. “É fundamental mudar a consciência da sociedade brasileira sobre esse tema, pois precisamos superar o racismo. E quando vemos o executivo, o legislativo e a sociedade civil gerindo esse conselho, sabemos que estamos caminhando bem”, completou.

Ana Paula Soledade

A conselheira empossada, Ana Paula Soledade, que representa a religião de matriz africana falou sobre a emoção de representar este segmento no Conselho. “Sinto-me feliz por termos a oportunidade de falar e de fazer este movimento girar. Somos um povo que tem raízes, que formou o Brasil e precisamos nos unir e nos ajudar mutuamente para que sejamos ainda mais fortes”, realçou.

Os conselheiros empossados terão o mandato de dois anos e representam movimentos sociais e o poder público. O conselho já atua no município há dois anos e já estruturou o Plano Municipal de Políticas de Igualdade Racial, que norteará as políticas de igualdade racial a serem desenvolvidas nos próximos anos, tanto pelo Governo Municipal quanto pelo próprio Compir.