Dez jovens de Vitória da Conquista tiveram a oportunidade de sensibilizar o olhar para a fotografia. A Oficina de Fotografia “A Margem da Imagem”, promovida pela Coordenação Municipal de Juventude, ligada a Secretaria Municipal de Trabalho, Renda e Desenvolvimento Econômico, e pela Secretaria Nacional da Juventude, foi de total aproveitamento.

Ministrada no fim do ano de 2020 pelo professor Vinícius Purki, a oficina foi feita de forma virtual por conta do cenário da pandemia, e teve uma extensa carga horária de 48 horas. Ela buscou abordar a fotografia não apenas como uma imagem fotográfica, mas também todos aspectos pictóricos e da representação da imagem, que pode vir da pintura, da escultura ou da arquitetura.

O professor Purki, explica que o objetivo principal era garantir que fossem abordadas “todas as vertentes de visualidade para, assim, [o aluno] conseguir chegar a um entendimento de uma narrativa visual coisa e uma narrativa visual que faça sentido para quem está produzindo. Dentro dessa carga horária a gente começa lá falando de como surgiu do que é de fato a representação. Então buscamos desde das imagens das imagens rupestres até o surgimento da tecnologia da fotografia digital.”

Foto de Railana Araújo, participante do curso

Fora do meio virtual, os alunos fizeram exercícios para treinar o olhar e a sensibilidade, a fim de acharem a sua linguagem própria e sincera da fotografia. A maioria dos alunos que participaram da oficina já tiveram algum contato com a produção fotográfica. Um deles foi a designer de interiores, Railana Araújo (28), que contou que “não faltou dinamismo nas aulas e houve espaço para discutir e expor nossas vivências relacionados à cultura, arte e visão de mundo, possibilitando assim uma troca mútua de conhecimento. Além de todo o conteúdo aprendido sobre arte, cultura, máquina fotográfica, tipos de lentes e como usá-las.”

Foto de Franklyn Rocha, participante da oficina

Outro participante da oficina foi Franklyn Rocha (29), que disse ter conseguido aprimorar os seus conhecimentos técnicos e práticos da fotografia. “Pude conhecer os equipamentos, aprender configurar, realizar a captação e a pós-produção. Tem me ajudado bastante tanto nas minhas atividades pessoais, quanto profissionais, e eu sou muito grato de ter participado desse projeto.”