O Termo de Cooperação Técnica foi assinado nesta manhã, no Gabinete Civil

Vitória da Conquista irá receber um Parque Tecnológico voltado a micro e pequenas empresas – o Hub Sudoeste. Na manhã desta quarta-feira (13), a Prefeitura Municipal e a Fundação Educacional de Vitória da Conquista (Fundec) assinaram o Termo de Cooperação Técnica que vai colocar em prática a primeira fase do projeto.

A prefeita em exercício, Sheila Lemos, lembra que este é o primeiro compromisso desta gestão que é cumprido. “O Governo está muito feliz com a assinatura deste convênio. Foi uma proposta articulada pelo prefeito Herzem Gusmão, e tenho certeza de que ele estaria muito feliz aqui, participando deste ato. É um momento que vai mudar Vitória da Conquista, colocando nossa cidade como polo tecnológico na Bahia, quiçá no Brasil”, destaca.

Cleofano Lamego, presidente da Fundec, comenta os resultados positivos que essa novidade deve trazer para toda a região: “Quando se instala um parque tecnológico, ele traz grandes benefícios. Traz a tecnologia como inovação para as empresas, onde elas passam a prestar mais serviço e produzir mais, a custos mais baixos. Isso aí vai gerar um impacto muito grande em toda a região.”

A prefeita em exercício, Sheila Lemos, lembrou que está sendo cumprido um compromisso da gestão

O Parque Tecnológico – O projeto do Hub Sudoeste foi aprovado pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), órgão vinculado ao Ministério da Economia, que está investindo em transformações digitais para pequenas e microempresas. O objetivo é abrigar e promover avanços tecnológicos com o desenvolvimento de negócios inovadores, com a parceria de diferentes agentes públicos e privados. Segundo Victor Dutra, coordenador do projeto, 100 empresas serão selecionadas.

O Parque Tecnológico irá propiciar o desenvolvimento de aceleradora de startups (empresas jovens), incubadora de empresas, empresas inovadoras, ações do Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) da Prefeitura e laboratórios de prototipagem e diversos tipos de análise. Para isso, o projeto engloba áreas: Tecnologia da Informação e Comunicação, Biotecnologia e Biociência.

O projeto começa a ser implantado em março; a partir do próximo semestre, é possível que mais quatro municípios da região sejam incorporados ao Hub Sudoeste

“As áreas foram escolhidas levando em conta os seguintes diferenciais e vantagens comparativas da cidade de Vitória da Conquista: os cursos existentes na cidade, o número de professores, pesquisadores e cientistas existentes, o ambiente empreendedor bastante favorável, com a existência de diversos negócios nascentes que poderiam ser potencializados através de um ambiente de aceleração ou incubação”, explica o secretário municipal de Trabalho, Renda e Desenvolvimento Econômico, Cláudio Cardoso.

O projeto começa a ser implantado no mês de março. Caso a sua metodologia seja aprovada, será possível expandir o Parque para mais quatro municípios da região, a partir do segundo semestre de 2021.

Parceiros – O projeto do Hub Sudoeste é fruto da atuação de diversos parceiros. Além da PMVC e da Fundec, também estão as instituições de ensino superior com cursos nas áreas escolhidas – Uesb, Ifba e Fainor; os órgãos de fomento, apoio e qualificação profissional e capacitação empresarial que atuam na cidade – Fieb e Sebrae; e entidades representativas, como associações e sindicados da indústria e do comércio.