A Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista vem dedicando esforços para diminuir os impactos da crise, promovendo ações na saúde e mantendo a responsabilidade com os gastos públicos. Assim, a Administração Municipal vai reduzir as despesas de várias Secretarias com o objetivo de destinar mais recursos à Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e as ações de enfrentamento ao coronavírus.

“Estamos fazendo um levantamento das secretarias, referente a despesas e contratos, onde faremos uma revisão minuciosa, para que estes recursos sejam realocados prioritariamente à saúde. A ideia é de preservar os serviços essenciais à população, bem como os de assistência social e de limpeza do município”, explica o secretário municipal de administração, Kairan Rocha.

Além disso, com a suspensão do atendimento presencial e o emprego do regime de teletrabalho dos servidores da Administração Pública municipal, feito através do Decreto 20.203, a economia de insumos como energia e combustível tem servido a uma melhor alocação de recursos humanos e financeiros no combate à crise, sem onerar a produtividade e a qualidade dos serviços da Prefeitura prestados à população.

Segundo o secretário municipal de finanças e execução orçamentária, Jonas Sala, apesar da crise, a população de Conquista tem se esforçado para cumprir com seus compromissos com o município. “É previsível que teremos uma baixa considerável na arrecadação este ano. Essa redução irá determinar em uma redução dos investimentos em outras áreas, pois a prioridade do governo neste momento é com a Saúde. Ressaltamos também a importância da campanha do IPTU, para que as pessoas cumpram seus compromissos e esses repasses sejam feitos”, completa Sala.

Recentemente, a Prefeitura disponibilizou o acesso ao boleto do IPTU através do whatsapp pelo número: (77) 98856-5247. É também possível acessá-lo pelosite da Prefeitura e baixar o boleto. Basta inserir no campo indicado o seu número de inscrição disponível nos carnês antigos. Caso não tenha o número, é só usar os dígitos do seu CPF.