É com profundo pesar que a Prefeitura de Vitória da Conquista lamenta o falecimento do ex-vice-prefeito, Dr. Clóvis Assis, e decreta luto oficial de três dias. O médico pediatra faleceu neste sábado (03), aos 84 anos, no Hospital IBR, em Vitória da Conquista, em decorrência de complicações de saúde.

Filho de Romeu José de Assis e Nair Gomes de Assis, Clóvis Raimundo Gomes de Assis nasceu na cidade baiana de Juazeiro no dia 11 de dezembro de 1945. Ele ingressou no curso de Medicina da Escola Baiana de Medicina, em Salvador, em 1965, formando-se em 1971. Em 1972, se tornou professor de Química em Vitória da Conquista, atividade que exerceria até 1988.

Sua vida pública na cidade começou quando foi secretário municipal de Saúde e Bem-estar Social do município, entre os anos de 1978 e 1984. Foi, também, entre 1980 e 1984, diretor-médico do Instituto Nacional de Previdência Social (INPS).

Ainda em 1980, tornou-se presidente da Associação Médica Brasileira, na Regional de Vitória da Conquista, ocupando o cargo até 1983. Em 1987 e 1988, foi diretor da 20ª Diretoria Regional de Saúde da Bahia.

Em outubro de 1990, elegeu-se deputado federal na legenda do Partido Democrático Trabalhista (PDT). Empossado em fevereiro de 1991, foi, naquele ano, titular da Comissão de Seguridade Social e Família. Em 1997, pelo PSDB, Dr. Clóvis Assis compôs a chapa da primeira gestão do prefeito Guilherme Menezes.

Dr, Clóvis também esteve à frente da Clínica de Urgência Pediátrica (Cupe), um dos principais hospitais pediátricos da região. Por quase 40 anos, a unidade de saúde prestou valiosos serviços à população conquistense.

Seja como médico ou como político, Dr. Clóvis deixa seu exemplo de dedicação ao município. Neste momento de dor, a prefeita Sheila Lemos e equipe se solidarizam com seus familiares e amigos.