O setor agrícola de Vitória da Conquista está recebendo um novo incremento: o projeto Citrus do Futuro. A iniciativa, cujo lançamento acontece no próximo dia 27, às 19h, no auditório Lúcia Dórea (Cemae), é da Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural (SMDR).

Com apoio do Vamos Produzir e da Embrapa, o Citrus do Futuro chega com o objetivo de implementar e reforçar a citricultura no município, a fim de maximizar a produtividade agrícola para os agricultores e agricultoras familiares de Vitória da Conquista. “Nós já temos o umbu gigante que é um sucesso, inclusive é referência para diversos municípios da região. E agora é a vez da citricultura, que vem se somar a outras culturas que o município já tem, como a cafeicultura e a mandioca”, explicou o secretário da SMDR, Breno Farias.

Além das palestras com os temas Potencialidade da citricultura no Planalto da Conquista” e “Porta-enxertos para citros – presente e futuro”, os produtores terão o Dia de Campo, no dia 28, às 9h, na fazenda Bom Retiro, localizada na BR-116, Km 910 (à esquerda, entre Vitória da Conquista e Cândido Sales). Três pesquisadores serão responsáveis pelas estações: a primeira, sobre manejo de poda e irrigação; a segunda, sobre variedades de porta-enxertos para citricultura da região; e, a terceira, sobre variedades copa com alto potencial de produtividade para região.

Segundo Breno Farias, em médio e longo prazo, o município pode se tornar um grande produtor de citros da Bahia. “O projeto irá contemplar 40 agricultores familiares espalhados nos três biomas do município, caatinga, mata de cipó e mata atlântica. Cada um deles está recebendo mudas e orientação técnica para o plantio e manejo até à colheita”, explicou.